Usina de Letras
Usina de Letras
45 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->ANJO PERDIDO II -- 30/07/2008 - 08:05 (Alberto Batista) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
ANJO PERDIDO II



Desolada, triste e acabrunhada...

Como uma flor murcha

Que nem senti o sol aquecendo-a

Na manha de um verão matinal.



A água que jorra em seus pés

Inunda-a suas raízes, dantes forte e benevolente.

Deixando-a toda suja de lama ao seu redor



O anjo perdido que havia passado por lá

Tinha deixado nossa flor que era alegre e vitoriosa

Numa tristeza sem fim,

Corrompida pela sua desolação.



As suas irmãs do jardim,

Deixaram-na sozinha para não contaminarem-se

E que o sol de meio-dia cuidaria de seca-lá

E exterminaria a desolação do seu visual apático.



Para o seu próprio bem

Algo sobrou no anjo perdido

Que ficou condoído e solidário

Com a flor desolada pela suas irmãs



Mas a flor tinha algo a se recuperar

O amor a ressurreição dela própria

Esse era o seu ultimo pedido.

Ao anjo perdido que tinha tirado sua alegria

E que agora queria ajudar.



Assim será feito

A morte pela ressurreição

Da flor murcha que será esquecida agora

E amanhã nascera uma nova flor

Que aquece de acordo com o sol

E que banha ao respingo da chuva

Sem tristeza ou desolação.



Cheirando há tantos humanos

Que não acreditam no perfume

Da vida emprenhada em cada um ser,

Aquele ser que não quer morrer

Para reviver o novo em sua volta.



ALBERTO BATISTA

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui