Usina de Letras
Usina de Letras
76 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59807 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47456)

Humor (19436)

Infantil (4673)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138973)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5699)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->TAÇA DE VINHO -- 28/02/2001 - 23:10 (Nivea E Silva Benjamin) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
TAÇA DE VINHO ROSA RUBRO

TÃO FINA E TRANSPARENTE COMO UM CRISTAL

ERA SUPÉRFLUA, E COMO ERA

MAS, ERA SÓ MINHA

EU E VOCÊ, EM UM MUNDO DE ESCURIDÃO

NÃO POSSO NEGAR A ALEGRIA DE UNS POUCOS INSTANTES

A DELÍCIA DE TEUS GOLES, BREVES E PROFUNDOS

ENTOAM EM MIM, E NÃO ME DEIXAM CAIR NO ESQUECIMENTO

SÓ TU, ME ARRASTA DE TODAS AS LEMBRANÇAS

PELAS TUAS MÃOS SOU AQUILO QUE QUERO

FORTE

E AQUILO QUE QUERES QUE EU SEJA

FRÁGIL

E HÁ COMO FUGIR?

COMO ESCAPAR DESSA VONTADE DE ESQUECER?

UMA EXALTAÇÃO FELIZ, UM MOMENTO ASSIM...

BREVE E NOSSO

ENTRASTE EM MIM

E EM TROCA ME SOPRASTE AOS OUVIDOS PALAVRAS DE DOMINAÇÃO

NÃO LUTO, É TUDO DESIGUAL

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui