Usina de Letras
Usina de Letras
73 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60277 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10353)

Cronicas (22252)

Discursos (3187)

Ensaios - (9686)

Erótico (13520)

Frases (48075)

Humor (19491)

Infantil (4785)

Infanto Juvenil (4140)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139175)

Redação (3099)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5772)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->BELO É O PODER DA NATUREZA -- 01/06/2022 - 09:58 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Se ninguém vê a água subir ao Céu

Nem bateria dos lindos vagalumes

Não tem guarda orientando os cardumes

Como abelha ninguém consegue mel

Igual a teia de aranha não há véu

No pavão, penas dão toda beleza

Juba do leão mostra sua nobreza

Como a água entrou dentro do coco?

Que não tem um buraco, não é oco

Belo é o poder da natureza!

 

 

Entorninho fazendo murmuração

Balé que ele dança em pleno ar

Perigosa, não brinque com casuar.

E respeite a piranha e o tubarão

É bonito o grito do trovão

O relâmpago dá luz à escuridão.

Urubu e o seu voo com leveza

Que ao vento, evolui com sutileza

O poder de curar tem a babosa

O veneno da cobra perigosa

Belo é o poder da natureza.

 

 

Força duma onça é descomunal

Formidável diária das formigas

Dos leões, hienas são sempre inimigas

O golfinho um bicho genial

Um mosquito que pode ser fatal

Tartaruga na sua eterna lerdeza

Mas pra ela viver muito é moleza

Ninguém vence guepardo na carreira

Naja não erra sua cuspida certeira

Belo é o poder da natureza.

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, MAIO/2022

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 25Exibido 77 vezesFale com o autor