Usina de Letras
Usina de Letras
47 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62410 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22546)

Discursos (3240)

Ensaios - (10450)

Erótico (13578)

Frases (50803)

Humor (20074)

Infantil (5487)

Infanto Juvenil (4811)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140872)

Redação (3320)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6235)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Frei Dimão e penitente Nanda -- 28/11/2022 - 17:39 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

 

 

 

Frei Dimão exorta Nanda à confissão

O muito que namoraste

entre o paiol e o portão

só gerou grande desgaste

em meio a maior confusão

 

E se queres um bom conselho

di-lo ei pronto, agora

de tudo o que for vermelho

segue a frente, vai embora

 

De cá ouço o alarido

e o sofrimento eterno

de quem não me deu ouvido

e foi direto pro inferno

 

Pega a chance que te dou

e deixa atrás a concupiscência

pois neste instante já vou#

ministrando-te a penitência

 

Hás de cumpri-la na sacristia

sob a minha orientação

e não precisa usar calcinha

pra lograr a tua absolvição

 

 

Lava e passa meus paramentos

e fá-lo com toda a humildade

eles ficaram gosmentos

pra defender-te a castidade

 

Não tenhas ilusão nesta terra

senão com tudo o que for bento

e pra vencer esta guerra

te mandarei pro convento

 

Lá tens todas as primícias

que o Senhor propiciou

e evita bem as impudicícias

senão maior penitência te dou..

Paulo Miranda
Enviado por Paulo Miranda em 10/10/2013
Código do texto: T4518948
Classificação de conteúdo: seguro
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 9Exibido 73 vezesFale com o autor