Usina de Letras
Usina de Letras
33 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NEM SEMPRE HÁ AMANHÃ//ENTÃO, META O SACA-ROLHA -- 01/07/2023 - 14:04 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Vivemos como se a vida,

Fosse para sempre, eterna,

Nem sempre de forma fraterna.

Uns vivem vida bandida.

Outras têm vida sofrida.

Por erros nas suas escolhas,

Tem quem viva numa bolha,

Outros num verdadeiro afã.

Nem sempre hácute; amanhã

Então, mete o saca-rolha.

 

Empréstimo é a vida

E efêmera muitas vezes

Muitas não chegam a antese

Outras são mesmo perdidas;

Melhor serem esquecidas

Mas sempre temos escolhas

Ou quem até nos acolha

Busque seu próprio islã

Nem sempre hácute; amanhã

Então, mete o saca-rolha.

 

 

FORTALEZA, JULHO/2023

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

Comentarios

Eliana Barros   - 01/07/2023

"Nem sempre há o amanhã " que seja assim.
É de tirar o chapéu seu cordel poeta Henrique César.
Pagamos um preço pelas nossas escolhas pro resto da vida ou a trocamos pelo caminho da vida .
Parabéns Henrique César pelo cordel recheado de emoções.
Um forte abraço.
Estava com saudades de seus cordéis divertidos que faz a gente pensar.

O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 37 vezesFale com o autor