Usina de Letras
Usina de Letras
33 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->NORDESTINO COME BODE, MAS DENTRO DO PADRÃO -- 01/08/2023 - 16:08 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Nordestino come bode,

E cabra de bom Padrão.

Lagosta e caranguejo

Bom prato de camarão

Uma dose de cachaça,

Tira-gosto com limão.

 

Crustácute;ceos como Padrão

Na cabeça só tem merda

E todo seu ascendente

Por herança isso herda

O que o torna uma espécie

Geralmente muito lerda

 

Mas um comedor de bode

Trouxe lácute; do estrangeiro

Televisão ao País.

E Severiano Ribeiro,

Que também comia caprino,

Criou cinema brasileiro

 

O emprego de muita gente,

Que estácute; na televisão,

Vem de comedor de bode

Que teve muita visão

E ao povo nordestino

Deve agora seu pirão.

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, JULH0/2023

Comentarios

Eliana Barros   - 02/08/2023

"Risos " muito elegante e divertido seu cordel poeta.
Parabéns Henrique César.
Um forte abraço.

O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 75 vezesFale com o autor