Usina de Letras
Usina de Letras
31 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62387 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22545)

Discursos (3240)

Ensaios - (10442)

Erótico (13578)

Frases (50775)

Humor (20067)

Infantil (5484)

Infanto Juvenil (4802)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140866)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6231)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->CLERíSTON PEREIRA PATRIOTA ASSASSINADO NA PAPUDA -- 01/12/2023 - 16:53 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Cleríston Pereira Cunha

Um patriota brasileiro

Foi mandado pra Papuda

Pelo Oito de Janeiro,

Sem cometer qualquer crime,

Como fazem bandoleiros

 

Este arrimo de família

Deixou jogado na rua

Mãe, pai, filhos e mulher,

A família toda nua

Sem comida, sem moradia

Debaixo do sol, da lua

 

Um sofrimento causado

Por descaso às nossas leis

Pois agora no País

Temos verdadeiro rei

Ungido a esta função

Por ordem de quem não sei

 

Causando bastante dor

Para Nação brasileira

Não só para a família

Do seu Cleríston Pereira

Que pagou com a sua vida

Por seu amor à bandeira

 

Por lutar por democracia

E também por liberdade

Por um bando de verdugos

Que tem medo da verdade

Foi mandado para cadeia

Em um gesto de crueldade

 

Onde encontrou a morte

Mas, não perdeu dignidade

Para o povo brasileiro

Deu lição de ombridade

Para sua amada família

Ficou amor e saudade.

 

A nossa democracia

Hoje já tão desonrada

Vai ficar para sempre

Com a imagem maculada

Por desatinos da toga

Devido aos desatinos

Uma vida foi ceifada

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, NOVEMBRO/2023

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 27Exibido 98 vezesFale com o autor