Usina de Letras
Usina de Letras
74 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60342 )

Cartas ( 21288)

Contos (13385)

Cordel (10358)

Cronicas (22275)

Discursos (3191)

Ensaios - (9711)

Erótico (13520)

Frases (48222)

Humor (19544)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4171)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139323)

Redação (3114)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5804)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->PAI HERÓI -- 27/01/2009 - 19:23 (AROLDO A MEDEIROS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
PAI HERÓI



Aroldo Arão de Medeiros





Pai, temos a liberdade de lhe falar;

Que Deus sempre vai lhe amar.



Bom dia, boa tarde, bom tudo para você;

Você é uma flor sem espinho;

Não sei quem mais precisa? Você? Nós? De carinho.



Se existe herói, você é o maior;

Os caminhos da bondade se tornam melhor.



Para você e para nós, Shalom;

Para você, um bom-bom;

Para nós, um bom som.



Dancei miudinho, enquanto trabalhava;

Conferente era e a paz levava.



Pai, sei que tem saudade de seu pai;

Eu mesmo perto, sinto quando você sai.



Um livro da sua vida é um grande romance;

Tenho vontade de escrever, mas não tenho tempo;

Eh! Mano! Para ele nosso tempo não avança;

É, devemos começar logo, sem contratempo.



O que ele merece além de aplausos?

Um grande beijo. Vamos lá.



Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 16Exibido 769 vezesFale com o autor