Usina de Letras
Usina de Letras
13 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62476 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->FORTALEZA, OUTRORA BELA E MAJESTOSA. -- 01/03/2009 - 11:41 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos



Foste bela e majestosa



Outrora. Tuas esburacadas



Ruas estão sim, acabadas.



Tens sujeira. Mal-cheirosa



Até na Aldeota, famosa.



Lixo, baratas, esgotos



Espalham bastantes doenças.



Zelo falta à tua presença.



Aqui acumulam cerotos.







Lata, lixo, tácute;bua, pedra



Usam pra tapar buracos



Isto tudo nos desmedra



Silêncio de fortes e fracos



Imprensa que também medra,



Ante a administração,



Nefasta, mas que empedra



E quer sua perpetuação.







Péssima malha viácute;ria.



Ruim, sem hospital



Escola bem ordinácute;ria.



Feia, vive num lamaçal.



Esta é a vida diácute;ria



Imposta ao fortalezense



Tanto que somos um paria.



Ah! Sofre o povo cearense.







HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO



FORTALEZA, FEVEREIRO/2009



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 765 vezesFale com o autor