Usina de Letras
Usina de Letras
53 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59664 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47209)

Humor (19420)

Infantil (4622)

Infanto Juvenil (3938)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138770)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SAUDADES VIVAS -- 02/07/2009 - 17:05 (Andra Valladares) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SAUDADES VIVAS



Acácia, de verde nua,

restam-te apenas as flores

que desgarram-se, enfim...

E um tapete aos teus pés,

lentamente vão formando.



Enquanto tu te desnudas

de tuas flores preciosas

enfeitas todo o jardim,

deixas a rua doirada,

perfumada de saudades...





Ah! Acácia, frondosa e bela,

ao espelhar-me em ti,

meu olhar baço revela

as flores que já perdi...







(Andra Valladares)





Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui