Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->CONTO DE FADAS -- 02/10/2009 - 15:55 (Alberto Batista) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
CONTO DE FADAS





A luz apagou...

... E o dia começou,

Foi no carnaval fora de época

Que tudo começou...

...E rapidamente terminou.



Uma boca sobrepõe à outra

Com lascividade sinergeticamente,

Sem falsa síncope.

Atraídos pelo desejo

Quando se encontraram avulsamente

Suas mentes criativas somam-se ambiguamente



Já está raiando o dia,

E a luz já tinha apagado

E como no conto de fadas

As historias somem... E vivem-se

No dia seguinte algo que não viverá.



Outra vida...

... Outro dia...

... Outro mês ...

... Outro ano...

Outro... Outro...

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui