Usina de Letras
Usina de Letras
35 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62476 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->DEMOCRACIA? SÓ DO TEMPO E DA MORTE. -- 11/08/2010 - 18:02 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Democracia. As únicas existentes

É a do tempo e também a da morte.

Para ambas não há nada pendente.

E pra nós elas traçam o seu norte.



Pra melhor ou pior. Depende da sorte.

Tempo, pode-se até enganar.

Já à morte, nem rico, e nem o forte

Porque ela a todos há de levar.



Findará também, um dia, a própria Terra

Nosso pó ficará no Universo.

E aí nosso círculo se encerra.



Para tudo isso não há reverso.

Esta roda da vida nunca emperra.

Então, vamos cantar a vida em verso!



HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, AGOSTO/2010
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 197Exibido 624 vezesFale com o autor