Usina de Letras
Usina de Letras
14 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Viagens com o Presidente Lula. Divirtam-se! -- 20/09/2006 - 09:40 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Viagens com o Presidente

----- Original Message -----
From: VALTER CARDOSO
Sent: Tuesday, September 12, 2006 7:46 AM
Subject: Viagens com o Presidente


---------- Forwarded message ----------
Viagens com o Presidente


Dez trechos do livro "Viagens com o Presidente", recém lançado.

O livro foi escrito pelos jornalistas Eduardo Scolese (Folha de SãoPaulo) e Leonencio Nossa (O Estado de São Paulo) que atuam no Comitê de Imprensa do Palácio do Planalto.

Os episódios sucedem-se aos montes no relato feito pelos dois jornalistas de algumas das 423 viagens que Lula fez desde sua posse até abril passado, das quais 91 para o exterior. Em
36 meses de governo, Lula visitou, em média, um município a cada quatro dias.

1- Nas viagens internacionais, logo no início do trajeto de volta ao Brasil, Lula costuma chamar o Ministro Celso Amorim e um Oficial da Aeronáutica à sua cabine e, com a ajuda de um grande mapa-múndi, trata de ficar imaginando quais poderiam ser os próximos paises a serem visitados. A rotina, então, é questionar
Amorim sobre as características dos países apontados por ele no mapa e ao militar pergunta a respeito das questões técnicas das
rotas imaginadas, como escalas e trajetos viáveis à aeronave.

2 - Numa tarde de calor infernal, o presidente Lula estava suado, abraçando e beijando admiradores numa cidadezinha da Bahia,
e pediu uma toalha, com urgência. O ajudante de ordens ouviu e saiu meio desajeitado, lento, e Lula, irritado, comentou: "Olha o bundão, lá vai o bundão pegar a minha toalha".

Ninguém estranhou. O governo mal começava, mas o
descaso com as boas maneiras já era rotina no Planalto.

3 - Cadê as cartilhas, porra? Esbraveja o Presidente da República.

O ajudante de ordens tenta se desculpar. O Presidente está uma fera, elevando o tom da voz na frente de todos. Vermelho de raiva, Lula grita ao funcionário:

- Como é que não trouxe as cartilhas, seu
incompetente!

4 Tá vendo? Eu não tenho mesmo curso superior, mas quem carrega papel para mim tem...todos eles têm curso superior, disse Lula a um ministro, depois de receber um discurso das mãos de um
assessor.

5 Numa audiência com a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, na época em que o governo começava a discutir a transposição
de parte das águas do Rio São Francisco, o presidente ouve atentamente a opinião contrária dela e os argumentos favoráveis dos
técnicos das empreiteiras. Após ouvi-la, Lula consola a Ministra:

-Marina, essa coisa de meio ambiente é igual a exame de próstata, não dá para ficar virgem a vida toda. Uma hora eles vão enfiar o dedo no cu da gente. Então, companheira, se é para
enfiar que enfiem logo.

6 No final do primeiro ano de governo, Lula vai ao Egito e visita o Museu do Cairo. Naquele dia, o primeiro comentário ocorre quando é informado de que a tumba do faraó Tutancàmon foi a
única entre as dos imperadores egípcios a resistir aos ataques de saqueadores:

- Veja desde quando vem o crime organizado!

A seguir, é a vez da primeira-dama soltar a sua
apreciação, ou ouvir do guia que os egípcios seguiam setenta mandamentos, e não apenas dez:

-Imagine, setenta. É muito pecado!

7 Lula, durante viagem ao Japão, a um assessor que queria fazer-lhe um relato das atividades da CPI dos Correios, nesse dia:

- Deixa eu te dizer uma coisa, meu caro. É o seguinte. Se você tiver que dar uma noticia ruim a um companheiro, não faça isso à noite, pelo amor de Deus. Se tiver passado das nove da
noite, primeiro que não vai ter tempo para resolver mais nada naquele dia, e segundo, você ainda vai fazer o favor de estragar o sono do companheiro. Ele não vai conseguir dormir mais com aquela coisa martelando na cabeça.

O Presidente olha o assessor e solta mais uma preciosa dica:

- Ah, e de preferência também não dê uma notícia ruim a um companheiro pela manhã. Não dê, não dê. Isso vai fazer o companheiro começar o dia num mau humor. É horrível!

8 Na viagem que fez à Bolívia em janeiro de 2006, Lula fica irritado ao ler um artigo de jornal que aponta algumas falhas na política agrária do governo federal:

- Tem que mandar esse cara aqui tomar no cu. A gente aumenta o número de contratos da agricultura familiar, faz uma reforma agrária de qualidade e investe no agronegócio e ainda tem
que ler isso aqui? - Ao notar o silêncio dos assessores, Lula prossegue o ataque. - Num caso como esse não tem jeito, meus caros, não tem jeito. Tem que mandar tomar no cu mesmo, não tem outro jeito.

9 Numa sessão de cinema, no Palácio da Alvorada, num dos raros momentos em que o Presidente se dispõe a bater papo com senadores e deputados, ele foi questionado, em tom de brincadeira,
pela senadora Ana Julia, do PT paraense.

- Presidente, diga para nós. O que existe de fato entre o senhor e o governador sergipano João Alves?

- Eu sempre quis foder o João Alves. Já fiz aliança com todo mundo lá, com o Albano Franco, com o Almeida Lima. Eu faço aliança com qualquer um para foder o João Alves. Esse eu quero
foder de qualquer jeito.

10 Na suíte presidencial de um hotel de Georgetown ao receber de um assessor o texto do discurso que fará sobre o combate mundial à fome. Diante do Ministro Celso Amorim e de funcionários do Palácio do Planalto e do Itamaraty, o presidente folheia rapidamente a papelada e a arremessa a metros de distancia:

- Enfiem no cu esse discurso, caralho. Não é isso que eu quero, porra. Eu não vou ler essa merda. Vai todo mundo tomar no cu. Mudem isso, rápido.




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui