Usina de Letras
Usina de Letras
27 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62476 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Cadernos e arsenais. -- 09/06/2013 - 00:11 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Foco no Absoluto. Focus sullo Assoluto.

texto



Estado do mundo atual,

pura bala, minas em fila,

negócios bons de um jornal

— carros blindados desfila.



Caderno que anuncia

esconde, vem à frente

do que fala de poesia,

de cultura, do inevidente.



João-de-barro sem ipê,

tu "habite-se" não vês pedir,

forra sua casa com apê

e fêmea pra reproduzir.



Existe mané-jacá, do barro

com moscas poemas cria,

diz que pó dá muito catarro

e muitos poetas, qual rataria.



Preciso de sol serralitrense

tanto líquido que sorvo —

além leite d`alpiste canadense,

oxidrilas — pra secar estorvo.



Como todos vimos do pó

e a ele retornaremos,

do barro não tenhamos dó,

qual joãos e manés poetemos.





















































Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui