Usina de Letras
Usina de Letras
42 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Lulinha, o mais novo "fenómeno" do Brasil! -- 25/10/2006 - 11:18 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Revista Veja, 25/10/2006:

"A ascensão de Lulinha durante o governo de seu pai

Em um período de catorze meses, Fábio Luís da Silva, o Lulinha, passou de monitor do Zoológico de São Paulo a sócio da maior empresa de telefonia do Brasil, que tem dinheiro público na composição de seu capital.

Primeiro ano do governo Lula

Até novembro de 2003

Formado em biologia, Lulinha trabalhava como monitor no Zoológico de São Paulo, com um salário de 600 reais. Também fazia bicos como professor de computação.

Dezembro de 2003

Tornou-se acionista da G$ Entretenimento e Tecnologia Digital, em sociedade com os irmãos Fernando e Kalil Bittar, filhos de Jacó Bittar, um dos fundadores do PT e amigão de Lula. O capital social da empresa é de 100000 reais e a participação de Lulinha é de 50000 reais. Nesse período, passou a despachar mensalmente no escritório do lobista Alexandre Paes dos Santos. A atividade perdurou até julho de 2005.

Segundo ano do governo Lula

Outubro de 2004

A G$ associou-se à empresa Espaço Digital e criou uma nova companhia, a BR4, que nasceu com um capital de 2,7 milhões de reais. Desse montante, 2,5 milhões foram financiados pela Telemar, a título de adiantamento por exclusividade no fechamento do contrato . A Telemar, além de ser uma empresa concessionária de serviços públicos, conta com dinheiro público na composição de seu capital. A parte de Lulinha na sociedade corresponde a 450000 reais.

Terceiro ano do governo Lula

Janeiro de 2005

A BR4 criou, em parceria com a Telemar, a Gemcorp. O capital total é de 5,2 milhões de reais. A Telemar entrou com outros 2,5 milhões de reais. No papel, a participação de Lulinha continuou em 450000 reais.

Quarto ano do governo Lula

Março de 2006

A Telemar admitiu que deu, além dos 5 milhões de reais, mais 10 milhões de reais à Gamecorp, a título de "pagamento por patrocínio e produção de programas de TV". Ao todo, a companhia investiu cerca de 15 milhões de reais na empresa de Lulinha".

(Revista Veja, edição nº 1979, de 25 de outubro de 2006, pg. 62 e 63)


Realmente, esse Lulinha é um "fenómeno"!




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui