Usina de Letras
Usina de Letras
68 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62126 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22528)

Discursos (3238)

Ensaios - (10326)

Erótico (13566)

Frases (50535)

Humor (20019)

Infantil (5413)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140775)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SEPARAÇÃO -- 15/07/2014 - 18:11 (Roosevelt Vieira Leite) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SEPARAÇÃO



Ela não lhe dava mais beijos ao amanhecer.

Ele estava assustado, deveras, apavorado:

- Será que não estou mais em seus sonhos?

Seu coração apressado corria sem direção:

- Separação?



O homem se rende quando a dor é no peito.

Todo homem busca a paz, sejamos inteligentes!

Os descontentes estão na fila da exceção.

Via de regra, o homem é um pássaro sempre em busca do ninho perfeito.

Ele é bicho, ele é gente, e gente tem coração.



Ela não o elogiava mais; de sua boca uma porção peçonhenta, em três turnos, emanava.

Um vapor de enxofre lhe ardia o nariz:

- Sou ciumento?

Seus olhos não mais se encontravam.

Era uma vida como uma sala vazia cheia de personagens congelados:

- Somos soldados armados!

- Oh, terra de tantas coisas!

Ele era mais um homem amaldiçoado.

Ela era mais uma mulher sozinha na estrada.



Ela não mais reclamava a data de seu aniversário;

Nem lhe exigia a mão;

Nem lhe suplicava o pão;

Nem caminhava com ele na mesma trilha: “Nossas vidas estão distantes”.

Essa era a lógica, o dito, a teoria consagrada.



O homem vestiu preto até o próximo janeiro.

A moça limpou suas lágrimas com o lenço de um viajante.

Ele chorou como um chuveiro de gotas grandes e pesadas;

Foram tantas que o mar se agitou.

Ele e ela foram para lugares distintos.

Na janela de vidro de sua casa deixaram um recado:

“Vende-se”...











Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 5Exibido 420 vezesFale com o autor