Usina de Letras
Usina de Letras
37 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Urubuzinhas -- 02/10/2014 - 08:21 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Clique com o dedo direito no meu nome, a seguir, e escolha "abrir em nova janela" para ouvir essa música de minha lavra e parceria com Eduardo Toledo. Minha gaita Honner dácute; o tchã, enquanto a voz dele se evidencia.




texto




Abro janela com despertador.



Pra minha surpresa, jácute; venta,



sabiácute; me desacorda, cantador,



em goiabeira bem lenta.



 



Vento passa de raspão,



areja mas não agride,



toma qualquer direção,



sem seta tudo colide.



 



Mudo de janela e cinto



força demais que ele tem.



Gaiola branca ato precinto,



pois o frácute;gil ela contém.



 



Vejo quatro andorinhas



que rabiscam no céu.



Algumas verdadezinhas



não são pro meu chapéu.



 



Goiabeira não se desfolha



em chão limpo de vizinho.



Chuva não se vê, nada molha,



é prédio contra ventinho.



 



 



 



 



 



 



 




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui