Usina de Letras
Usina de Letras
25 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62476 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50863)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140908)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Salmão não cisca. -- 06/01/2015 - 23:01 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Clique com o dedo direito no meu nome, a seguir, e escolha "abrir em nova janela" para ouvir essa música de minha lavra e parceria com Eduardo Toledo. Minha gaita Honner dácute; o tchã, enquanto a voz dele se evidencia.



 




textotexto




Virou galinha o salmão,



não tem mais ômega três,



é criado com ração,



pra sardinha perde a vez.



 



Virou galinha o salmão,



galinha que nunca cisca,



pois só vive de ração



em viveiro onde nem pisca.



 



Galinha de gaiola



não dácute; ovo caipira,



é que nem salmão boiola,



donde graxos não se tira.



 



Galinha estressada



nunca cisca, não se solta,



nunca dácute; boa gemada,



vive cheia de revolta.



 



O bom do caipira botado



é o que sua gema contém:



o óleo vai ao rabo do inflamado



e sara a cuca também.



 



 




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui