Usina de Letras
Usina de Letras
69 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60373 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9718)

Erótico (13520)

Frases (48265)

Humor (19557)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139381)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Súplica por um beijo -- 01/04/2015 - 12:03 (Adair Ferreira de Oliveira) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
De repente teu perfume vem navegar meus segredos

Sob um mar de ciúmes se afogando em meus medos

Nas ondas do inexplicável, sem sentido, sem razão

De repente sou tão seu ,num desejo quase insano

Meus lábios embriagados querem dizer Eu te amo

Sob o fogo entumecido que dilacera o coração



De repente há um segundo além da realidade

Uma lagrima perdida num momento de saudade

Na busca insaciável de uma alma em loucura

Sob culpas e delírios te faço meus pesadelos

Na fome da minha boca fantasiada em teus beijos

No corpo que se desfaz no feitiço da doçura



Em êxtase e desfalecido num corpo embriagado

Uma fuga da libido num grito desesperado

Verdade e fantasia numa orgia dos sentidos

O fogo queima as entranhas no calor da insanidade

O real se torna sonho e o sonho realidade

Eco mudo de prazer num mundo desconhecido



De repente um abraço no delírio mais sombrio

Um calor que se apaga na alma que sente frio

Sob olhares lacrimejantes, rastejando em desejos

Dois corpos que se encontram exalando o proibido

Enlameado por um gozo, furioso, embevecido

No grito que se faz mudo, na súplica por um beijo

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui