Usina de Letras
Usina de Letras
18 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62388 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22545)

Discursos (3240)

Ensaios - (10442)

Erótico (13578)

Frases (50775)

Humor (20067)

Infantil (5484)

Infanto Juvenil (4802)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140866)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6231)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Contos-->A casinha do Mangabinha -- 29/08/2013 - 03:13 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Eu não concebia gente fora de casa. Embora capaz de passar horas no quintal,

bater bola na rua nua frontal e até frequentar a escola, que distava uns duzentos

ou trezentos metros, sentia aquele aconchego mesmo era entre as quatro paredes

e teto único nossos: fossem da sala, dos dois quartos, da copa ou da cozinha.

E quer saber mais: do banheiro, pra ficar um lar inteiro, ainda que debaixo do

chuveiro.

Assim, quando um menino vizinho, o Chico do Duca, acho, me falou que o Mangaba

tinha brigado com a família e estava fazendo uma casinha só pra ele, rente às

mureta do campinho de volei do povoado, eu fiquei encabulado: afinal o Mangaba

era aquele menino atracado e encardido, que vez por outra aparecia no nosso

vilarejo acompanhando a mãe, esmoler - e nunca ex-mulher - e uma penca de

irmãozinhos menores, de quem se dizia que sempre o pai diferia.

E agora, sem mãe nem a irmandade, lá estava o Mangaba amontoando folhas de

pita - o agave, pra quem pita não apita - pra fazer sua própria casinha.

Comecei a pensar em cousas estranhas, como a falta de um quintal, de uma luz

pra alumiá-lo e até de uma privadinha que na certa não disporia aquela casinha.

Mas foi só idéia minha. Nem saiu pela boca, nem da cacholinha, só de dó do

Mangabinha.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 9Exibido 464 vezesFale com o autor