Usina de Letras
Usina de Letras
55 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59666 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10320)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9537)

Erótico (13486)

Frases (47213)

Humor (19420)

Infantil (4625)

Infanto Juvenil (3939)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138776)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5658)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->A Quatro Mãos... e Duas Mentes Férteis -- 03/04/2017 - 14:28 (Antônio Rodrigues de Carvalho Neto) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


"A Quatro Mãos... e Duas Mentes Férteis"



Nada melhor que varar madrugadas insones, no calor do teu corpo febril e convidativo.

Nada melhor que duas mentes, sem limites, fantasiando tudo o que o sexo inventou.

Nada melhor que quatro mãos, ávidas, explorando a insanidade do sexo selvagem e profano, num frenesi desbragado.

Nada melhor e mais louco que te ouvir sussurrar, com voz sumida e rouca, palavras obscenas e desconexas.

Nada melhor que a lucidez do amor e a loucura da paixão, juntas, num instante de êxtase.

Nada melhor que o sexo despudorado, rasgado e mordido.

Nada melhor que o amor e o prazer conjugados num mesmo ser.

Nada MAIOR que... você em mim e eu em você.




Ps: Da série "poemas sem rima"... mas, com paixão e picardia!



(Carvalho Neto)






Ps; A imagem que compõe como fundo textual foi retirada do "PIXABAY", disponibilizada no Google.


Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui