Usina de Letras
Usina de Letras
54 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59666 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10320)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9537)

Erótico (13486)

Frases (47213)

Humor (19420)

Infantil (4625)

Infanto Juvenil (3939)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138776)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5658)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Para Não Ser Esquecido -- 03/04/2017 - 16:03 (Antônio Rodrigues de Carvalho Neto) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


Para não ser Esquecido





Um sorriso suave e brejeiro,

Clareando um mar atormentado e bravio,

Me sacode e me deixa sem jeito,

Apagando-me o fogo do pavio.



Me queima de amor e desejo,

Acariciando-me de ternura e carinho,

Me arrasta e seduz sem leito,

Seguindo-me sem trilhar meu caminho.



E com o tempo se faz mais profundo,

Pela existência de afeto e bondade,

Tornando menos tempestuoso o meu mundo.



E provocando cada vez mais saudade,

Quando partir novamente este gira-mundo,

Te levarás, por seres eternidade.



Ps: Fiz este soneto quando tinha 15 anos. Dedico-o a minha esposa, mãe de meus dois maiores tesouros: Anabela e Antônio Vítor


Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui