Usina de Letras
Usina de Letras
41 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->O segredo de Veja, apesar do que pensa Guerrini -- 12/04/2007 - 10:28 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Princípios permanentes

Editorial da revista Veja, comemorando a edição n. 2000, de 21/3/2007

Para comemorar a edição de número 2000 de VEJA, preparamos um caderno especial com as imagens de todas as capas da revista, de 1968 até hoje. Em meio às capas, foram destacados os assuntos mais relevantes noticiados por VEJA nessas 2000 semanas. A seleção obedeceu basicamente a dois critérios - o de interesse histórico, caso do fim da Guerra do Vietnã, e o de significado mais circunstancial, como a primeira vez em que o tema "sexo" figurou na capa da revista. Nos comentários, descreve-se de que forma o assunto foi tratado nas páginas da revista e, quando essa necessidade se impõe, quais foram os seus desdobramentos. Ao lançarmos um olhar sobre o tempo que nos separa da criação de VEJA, sobressai a constància, semana após semana, na obediência a certos princípios que definem o que se chama de "linha da revista". Um deles é a busca incessante - muitas vezes até temerária - pela informação exclusiva, confiável e independente. Outro é a preocupação em fornecer ao leitor análise clara e honesta sobre os fatos relatados, contextualizando-os no tempo e no espaço.

O Brasil é o único país do mundo em que uma revista semanal de informação é a revista de maior circulação. VEJA alcançou esse posto graças à aprovação de seu jornalismo por milhões de leitores e milhares de anunciantes, com os quais forma uma comunidade unida na defesa da democracia representativa, das liberdades individuais e da livre iniciativa. De tempos em tempos, é sempre bom lembrar, tais princípios, que nos parecem tão óbvios e defensáveis, sofrem poderosos ataques. VEJA não se distanciou de suas proposições básicas. Diz Roberto Civita, editor de VEJA e presidente do Grupo Abril: "Mesmo quando a bússola oscilou, nunca perdemos de vista o nosso norte. Mais uma vez reafirmo o nosso compromisso fundamental: não importa a intensidade das borrascas, estaremos sempre aqui, firmes, empenhados em fazer bom jornalismo na defesa da democracia, da liberdade e do progresso do Brasil".




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui