Usina de Letras
Usina de Letras
33 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62386 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22545)

Discursos (3240)

Ensaios - (10442)

Erótico (13578)

Frases (50774)

Humor (20067)

Infantil (5484)

Infanto Juvenil (4802)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140863)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6231)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
cronicas-->A sociedade brasileira se quebra -- 13/09/2006 - 17:30 (Nicola Aliberti) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Alguém já disse que existem dois brasis. Outros podem dizer que há muitos brasis. O fato é que a cidadania, a unidade e o espírito democrático nacional sofrem a cada dia golpes mais duros neste país. Uma revista semanal famosa publicou uma entrevista com o chefe da seguranca da embaixada americana. Ele afirma que o PCC é o nosso terrorismo. Sobre a corrosao moral dos valores em nossa sociedade, com a consequente exaltacao do crime como resistência positiva, o militar pergunta --Onde estao seus heróis da II Guerra ? Onde estao os bons exemplos para a juventude ?Curioso é que ele nasceu no Brasil... (parece que nós só podemos dar certos fora daqui)
Voltando aos brasis, é verdadeira e brutal a cisao que rasga as entranhas do país. Mas onde estao esses dois mundos que só se comunicam pela violência ? Um Brasil tem emprego, vai ao shopping, anda de carro, mora no condomínio,paga escola particular e tem convênio médico privado. Outro Brasil está sem trabalho, nao tem dinheiro para as compras, anda a pé ou de ónibus, mora na favela-periferia, coloca os filhos na escola pública e vai ao posto de saúde. Esses dois mundos nao estao separados, um depende do outro. Vejam um exemplo prático da contradicao. Sou professor de escola pública e tenho dois filhos na escola privada. Isso que é privatizacao. Sem hipocrisia, mano. A profundidade da fissura trinca a base da unidade nacional. Ela derruba todo o edifício burgues da cidadania. A marginalizacao e o preconceito que a miséria carrega, com toda a carga de racismo inerente, é a verdadeira fábrica de violência. O PCC é uma consequência disso. Sem idealismo, se nao podemos eliminar a violência, podemos diminuí-la. No entanto, isso só será possível quando recosturarmos o pano social. Como ? Destruindo a atual divisao de classes e reconstruindo a igualdade(nao é palavrao)sem racismo ou sexismo.Refundando o Brasil e sua história.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 4Exibido 325 vezesFale com o autor