Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59666 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10320)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9537)

Erótico (13486)

Frases (47215)

Humor (19420)

Infantil (4627)

Infanto Juvenil (3940)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138779)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5659)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->O MALFADADO APAGÃO -- 01/06/2001 - 11:15 (Artêmio Capelotto) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Oh, Senhor! Essa não!

Não basta o aumento do leite,

Do remédio, do feijão?

Não me basta andar a pé

Pra não pagar condução?

Não tomar a cervejinha

Pra que não me falte o pão?

E agora sofrer no escuro

Por causa do tal apagão?



Eu quase que passo fome

Pra poder comprar o remédio

Pra controlar a pressão.

Esse mês, porém não deu

Pois o pouco que sobrou

Foi pra comprar um lampião.



Mas que adianta reclamar

Se eu é que sou culpado

Confiei e votei errado

Nesse ilustre cidadão.

Ah! Mas eu vou me vingar

Acho bom e acho pouco

""Seis vão^vê, vão ter o troco

É na próxima eleição.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui