Usina de Letras
Usina de Letras
47 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Tarso Genro diz que caso Lamarca é só o começo... -- 20/06/2007 - 15:33 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
PENSÃO A EX-GUERRILHEIROS: TARSO PROMETE MEDIDAS POLÊMICAS

Tribuna da Imprensa, 19/06/07

BRASíLIA - Em defesa do Estado de Direito, o ministro da Justiça, Tarso Genro, reagiu ontem, pela primeira vez, às críticas à concessão da patente de coronel ao guerrilheiro Carlos Lamarca. Sem dar detalhes, o ministro avisou que outras decisões controvertidas e polêmicas serão tomadas pelo governo federal.

"A democracia tem essas características. Ao mesmo tempo permite que as pessoas critiquem decisões, ela agrega todas as pessoas no Estado de Direito", disse Tarso, na saída da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), onde se reuniu com o presidente da instituição, d. Geraldo Lyrio Rocha.

Em seguida, o ministro acrescentou: "Nós ainda teremos outras decisões que certamente causarão polêmica. O que é bom no Estado de Direito é que está todo mundo junto para defendê-lo, inclusive críticas ou apoio não poderiam ser feitos, se não fosse o Estado de Direito".

Na semana passada, generais do Exército reagiram à decisão do governo que garantiu à família de Lamarca pensão no valor de R$ 12.152,61 mensais - o equivalente ao vencimento de general-de-brigada -, além de indenização de R$ 300 mil, a ser dividida por três familiares.


Obs.: Tarso Genro, a hiena guasca, foi claro ao dizer que o caso Lamarca é só o início, que outras patifarias do gênero serão apoiadas por ele (e por Lula). Chamar isso de Estado de Direito é coisa de picareta, não de um ministro da Justiça de um autêntico Estado de Direito. Consolida-se, assim, a República Socialista dos Bandidos, em que todos os cidadãos têm o direito de reclamar, só de reclamar, mais nada, enquanto se perpetuam arbitrariedades e falcatruas de toda espécie (F. Maier).



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui