Usina de Letras
Usina de Letras
10 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Ataques contra a Igreja Católica -- 26/06/2007 - 11:26 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Ataques contra a Igreja Católica

Félix Maier

Os ataques contra a Igreja Católica são muito mais frequentes do que se imagina. Não bastasse a perseguição movida pelos islàmicos e comunistas contra os cristãos, o próprio Ocidente, ainda dito "cristão", empunha a cimitarra de muitos radicais e intolerantes, brandindo grosserias gratuitas contra o Cristianismo.

No cinema, há filmes controvertidos e heréticos, que distorcem as figuras de Cristo (A última tentação de Cristo), de Maria (Je vous salue, Marie) e da Igreja Católica medieval (O nome da rosa).

Nas livrarias, surgem teses absurdas, de que Maria Madalena foi amante de Jesus, com o qual teve muitos filhos (O código Da Vinci - também transformado em filme). Em seu livro "Ponche Verde", Janer Cristaldo xinga gratuitamente Nossa Senhora várias vezes de "puta".

No teatro, há tipos asquerosos (esses, sim, verdadeiros filhos-da-puta) que apresentam imagens sacrílegas, como a peça em que tinha uma mulher vestida de freira se masturbando com um crucifixo.

Isso tudo, para a bandidagem anticlerical e anti-religiosa, é "direito de expressão". Quando os católicos e os evangélicos expressam sua opinião em público, que está de acordo com os ensinamentos bílbicos, eles são taxados de "preconceituosos", "fascistas", "nazistas" e outros xingamentos só vistos em botequins de quinta categoria.

Até quando teremos que aturar o terrorismo do totalitarismo atual, tanto gay quanto anticlerical, que deseja inverter a regra geral da natureza, em que o casamento é apenas a união de um homem com uma mulher?

Porque gays e lésbicas são exceções encontradas na natureza, não a regra, como alardeiam em seu proselitismo gayato. Se alguém disser que a união homossexual é "natural", também seremos obrigados a dizer que é natural a pederastia (bicha molestando menino), a pedofilia, a zoofilia, a cleptomania, também encontradas largamente na "natureza"...




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui