Usina de Letras
Usina de Letras
46 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->A farsa otimista de Lula -- 27/06/2007 - 11:14 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A FARSA OTIMISTA DE LULA

Grupo Guararapes - Doc 71/2007

O presidente Lula declarou, no seu programa semanal de rádio, que "o Brasil vive o seu melhor momento desde que a República foi proclamada". Esse "otimismo" dele já é bastante conhecido. É uma jactància risível, para impressionar os tolos. É um modo desonesto de promover-se, a si e seu governo, pois muitas de suas declarações, senão quase todas, ou todas, não são verdadeiras e visam enganar os trouxas de seus eleitores, que, como sabido, são muitos e enganados milhões - a grande maioria comprada com dinheiro público via suas "bolsas" e publicidade, regiamente pagas com o dinheiro do contribuinte .

Que situação maravilhosa é essa, que sai dessa cabeça potentosamente inteligente - há que reconhecer-se isso - mas ignorante e inculta? Nem todo mundo é idiota ou obtuso, isso engolindo.

Para contradizê-lo, basta ver-se o que se passa com alguns fatos correntes. Alguns, apenas, pois se fóssemos tratar de todos, não haveria resmas de papel que chegassem.

A invasão de universidades que se processava há 50 ou mais dias, e agora finda. Começou na Universidade de S. Paulo, pelos estudantes, seguidos por professores e funcionários e se ia estendendo por outras no País. Terminou com desmoralizante vitória dos insurgentes, os quais ocupavam prédios do governo, danificando-os, fazendo exigências - cabíveis umas, descabíveis outras -, mas que mostram os erros que se verificam no ensino superior, do qual depende a formação dos profissionais liberais e as lideranças do amanhã, com a evidência do despreparo e incapacidade de dirigentes.

Os do MST invadindo fazendas, afrontando o texto constitucional para o respeito à propriedade, ficando impunes, recebendo até recursos de um governo temente, só preocupado com sua popularidade e o Poder. E crescem, provocativamente, aos milhares, criando-se uma situação extremamente perigosa para os destinos de nossa Democracia, ao risco de uma convulsão social.

A guerra do tráfico, particularmente no Rio e S. Paulo - as duas mais importantes cidades do País - atingindo uma situação assustadora, matando policiais, bandidos e mesmo inocentes, inclusive crianças. Que não é contida com os meios policiais existentes, até porque o governo não pode, ou não sabe, ou não quer conter ou restringir a droga e seu consumo, uma verdadeira praga da sociedade.

O chamado "apagão" aéreo, coisa nunca vista dantes neste País, começando depois do desastre da Gol, com 154 mortes. Um transtorno e prejuízo enormes para o País e milhares de pessoas (lazer, compromissos, negócios, e turismo estrangeiro). Controladores de vóo, temerosos de serem inculpados por aquele acidente, querendo inocentar-se de seus erros e apoiados por alguns companheiros, num corporativismo lamentável, fugindo a suas responsabilidades. E daí, grave crise na Aeronáutica - indisciplina localizada e até insubordinação nos CINDACTAs.

Um Congresso marcado pela corrupção endêmica, provavelmente envolvendo sua maioria, com séria implicação dolosa de dois senadores - um, presidente do Senado; outro, ex-governador de Brasília. Mais um corporativismo deplorável, forçando a impunidade, sempre injustificável.

E por fim, causando tremendos mal estar e repulsa nas Forças Armadas, com o bandido Lamarca tornado herói e por isso recompensados regia e indevidamente seus herdeiros por uma indignidade sem nome, duma comissão de anistia intencionalmente parcial, que se põe acima do Poder Judiciário, premiando crimes sem perdão.

E etc, e etc. A verdade, verdadeira, é que nunca o momento do Brasil foi tão negativo, em todos os campos do Poder, desde a Proclamação da República. CAIA a máscara de LULA!


ESTAMOS VIVOS!
GRUPO GUARARAPES!
PERSONALIDADE JURíDICA sob reg. Nº 12 58 93, Cartório do 1º registro de títulos e documentos, em Fortaleza.
Somos 1105 CIVIS - 32 OFICIAIS GENERAIS - 335 OFICIAIS SUPERIORES E 101 CAP/TEN.
TOTAL 1.573 Fortaleza, 26 DE JUNHO 2007
In memoriam 26 militares e 2 civis

www.fortalweb.com.br/grupoguararapes.




Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui