Usina de Letras
Usina de Letras
49 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60343 )

Cartas ( 21288)

Contos (13385)

Cordel (10358)

Cronicas (22275)

Discursos (3191)

Ensaios - (9711)

Erótico (13520)

Frases (48222)

Humor (19544)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4171)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139323)

Redação (3114)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5804)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Poesia e Artesanato -- 27/09/2020 - 10:52 (Anelê Volpe) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Poesia e Artesanato

 

Faço poesia como faço artesanato

Com mais dedicação que habilidade

Tendo a perfeição como modelo, jamais alcançado

 

Se a criatividade é limitada, inspiro-me nos mestres

O processo de criação requer tempo e suor

O resultado é obra delicada, imperfeita, única

 

Penso no leitor como em quem presenteio

Desconheço seus gostos e preferências

Empresto-lhe os meus e tento me aprazer

 

Se erro, desmancho, mas não desisto

Reformo, reescrevo, modifico

E só termino quando me satisfaço

 

Brinco com palavras como com as cores

Podem ser fortes, frias ou neutras

Imprescindível é combinarem umas com as outras

 

Minha aquarela de palavras é infinita

Minha pena é guiada pela minh'alma

Minha poesia tem o valor do meu ser

 

O poeta cria obras únicas assim como o artesão

Têm a sensibilidade como matéria prima

Vivem inventando, artesanando, poetizando

 

 

 

 

(Setembro 2020)

 

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 0Exibido 161 vezesFale com o autor