Usina de Letras
Usina de Letras
54 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59372 )

Cartas ( 21242)

Contos (13201)

Cordel (10310)

Crônicas (22227)

Discursos (3164)

Ensaios - (9483)

Erótico (13492)

Frases (46841)

Humor (19336)

Infantil (4507)

Infanto Juvenil (3804)

Letras de Música (5490)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138490)

Redação (3063)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2428)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5580)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Soneto gregoriano... -- 19/10/2020 - 22:51 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

 

 

 

(Gregório de Matos)

 

A Jesus Cristo

 

 

 

Pequei, Senhor; mas não porque hei pecado,/ Da vossa alta clemência me despido;/ Porque, quanto mais tenho delinquido,/ Vos tenho a perdoar mais empenhado.

 

Se basta a vos irar tanto pecado,/ A abrandar-vos sobeja um só gemido:/ Que a mesma culpa que vos há ofendido,/ Vos tem para o perdão lisonjeado.

 

Se uma ovelha perdida e já cobrada/ Glória tal e prazer tão repentino/ Vos deu, como afirmais na sacra história,

 

Eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada,/ Cobrai-a; e não queirais, pastor divino,/ Perder na vossa ovelha a vossa glória.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 53 vezesFale com o autor