Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
41 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59055 )

Cartas ( 21235)

Contos (13082)

Cordel (10287)

Crônicas (22190)

Discursos (3163)

Ensaios - (9410)

Erótico (13483)

Frases (46409)

Humor (19254)

Infantil (4425)

Infanto Juvenil (3679)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138159)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5502)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MINHA MUSA POÉTICA -- 20/03/2021 - 11:30 (Benedito Generoso da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

MINHA MUSA POÉTICA.

 

Indizível alegria me inunda,

Bafejam-me cintilações na face,

Do tempo inclemente o desenlace

Entre mim e ela a paixão profunda.

 

Eterna, nunca estará moribunda,

Morra o poeta e que ela o abrace,

Que o por do sol o casal o arregace,

Sob a Musa e o poeta se afunda.

 

Quem artifiçou a minha memória,

A Musa, cujo nome não declaro,

É o segredo de toda minha história.

 

Porque é uma Deusa, seu valor é caro,

Mas não tem preço e o apreço a vitória,

Até porque o poeta não é avaro.

 

BENEDITO GENEROSO DA COSTA

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 101Exibido 29 vezesFale com o autor