Usina de Letras
Usina de Letras
67 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59519 )

Cartas ( 21247)

Contos (13250)

Cordel (10311)

Crônicas (22246)

Discursos (3167)

Ensaios - (9502)

Erótico (13497)

Frases (46991)

Humor (19364)

Infantil (4542)

Infanto Juvenil (3850)

Letras de Música (5495)

Peça de Teatro (1339)

Poesias (138583)

Redação (3072)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2430)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5612)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Outro dia* -- 04/08/2021 - 17:59 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Outro Dia*

Trancou com chave a porta do quarto,

Disse que nunca mais sairia.

Disse que era dor de enfarto 

E que bem o tempo curaria.

 

Jogou-se abruptamente na cama.

Mostrou não ter medo da queda.

Maldisse todos os que mais ama.

Jurou que o troco vem na mesma moeda.

 

Chorou por todos os oceanos. 

Gritou rancores, blasfêmias e palavrões.

Xingou seus pais, sua vida, Deus e os humanos.

Adormeceu com a gilete nas mãos. 

 

Acordou quando o sol já brilhava.

Ainda tinha o rosto vermelho.

Mas vestiu a roupa que mais gostava,

E abriu a porta após sorrir pro espelho.

" Giovanna Carla de Oliveira, "Outro Dia", Natal (RN), Impressão Gráfica e Editora, 2002, p. 51.

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 32 vezesFale com o autor