Usina de Letras
Usina de Letras
76 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60277 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10353)

Cronicas (22252)

Discursos (3187)

Ensaios - (9686)

Erótico (13520)

Frases (48075)

Humor (19491)

Infantil (4785)

Infanto Juvenil (4140)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139175)

Redação (3099)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5772)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->UM ESPÍRITO AMIGO -- 17/08/2021 - 11:50 (Roosevelt Vieira Leite) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

UM ESPIRITO AMIGO.

 

Minhas palavras são poucas para te dizer.

Meu coração arde quando penso em você.

Sua sombra me dá repouso;

É um abrigo, me é um gozo.

 

Você veio bem devagar.

Após a labuta cruel em que estava meu coração, teus passos firmes me fizeram sossegar.

Agora descanso quieto em teus braços.

Com as pontas dos dedos descrevo os teus traços.

 

Bebo o orvalho da noite ouvindo teu respirar.

Sinto-me forte, amado, confiante como um amante a te desejar.

Tua presença espantou-me toda ausência.

Meu peito afogueado deseja mais de ti.

Querer mais, te amar mais me é uma inesgotável ânsia.

 

Agora velho, vivo as delícias da terra.

Toda saudade é como uma criança que não mais berra.

Pois contigo, sim, ao teu lado, minha alma descansa.

Tu és a moça da serra; a menina de minhas cãs; um espírito amigo.

Comentarios

AC de Paula  - 20/08/2021

Muito bom,
Convite ANTOLOGIA sentimentos coletivos
envie poemas(3)para apreciação
acdepaula09@gmail.com

Perfil do AutorSeguidores: 5Exibido 192 vezesFale com o autor