Usina de Letras
Usina de Letras
67 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59671 )

Cartas ( 21255)

Contos (13335)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47222)

Humor (19421)

Infantil (4628)

Infanto Juvenil (3940)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138787)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5662)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->ELE FOI MORAR NO CÉU -- 18/11/2021 - 11:38 (Renato Souza Ferraz) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

ELE FOI MORAR NO CÉU



Renato Ferraz



 



Quando aquele pássaro desapareceu



Todos ficamos em dúvida se ele morreu



A pracinha onde ele sempre animou



De tão triste, quem ia assisti-lo, a abandonou



 



Cantou pela última vez era um fim de tarde



Fez um pouco de tudo e partiu sem alarde



Quem o conhecia, e era muita gente



Percebia como ele se comportava diferente



 



Foi uma perda irreparável, não se pôde evitar



Quando a gente perde algo que consegue amar



Não compreende por que é assim que tem que ser



Enfim a vida é uma compensação entre sorrir e sofrer



 



Pode parecer algo até pouco significante



Achar o canto de um pássaro tão importante



Mas há situações que só quem conhece, pode falar



Faz parte de cada um, o seu jeito de amar.    


Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 1Exibido 63 vezesFale com o autor