Usina de Letras
Usina de Letras
74 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62126 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22528)

Discursos (3238)

Ensaios - (10326)

Erótico (13566)

Frases (50535)

Humor (20019)

Infantil (5413)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140775)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->AQUARELA -- 01/04/2024 - 16:05 (Roosevelt Vieira Leite) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

AQUARELA

POR ROOSEVELT VIEIRA LEITE

 

Eu sei dizer o que a alma chora.

A razão de meus dias sei que ela implora.

Prestar contas da existência é uma ciência.

Viver exige paciência.

 

Os dias longos ou curtos me dizem que viver é caminhar para frente.

Um rumo, um destino que a gente não entende.

As horas passam e passamos com elas.

As coisas nos acompanham como se fossem princesas ou cinderelas.

 

Pintamos o mundo com a tinta da mente.

Nos orgulhamos de nossas conquistas.

Nos envergonhamos ante a derrota proeminente.

Mas somos deste trem os maquinistas.

 

Ah, que sabor a vida tem!

Ah, que cores temos nessa aquarela!

Tudo me faz recordar o beijo dela.

Sinto que o bem e o bom é segurar-lhe a mão.

Isso não é figura, não é imagem do coração!

 

Sou mais um homem que pinta com a tinta da razão.

Eis-me aqui! Estou pronto! Façamos o mundo!

O mundo de Maria, de José, de João.

O mundo meu, o mundo teu, o mundo de diversos sabores,

O mundo de diversas cores...

 

 

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 5Exibido 38 vezesFale com o autor