Usina de Letras
Usina de Letras
54 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60358 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19549)

Infantil (4827)

Infanto Juvenil (4176)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139354)

Redação (3117)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->TRAÇOS DO AMOR ABANDONADO -- 12/07/2001 - 04:27 (Adriano Gama) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
TRAÇOS DO AMOR ABANDONADO





A neve alva caíra imobilizando o ambiente.;

A solidão que se espalhou – permaneceste.;

A Lua que não enlourece – entendeste.;

A festa de aflição toma conta lentamente.



Eu me calo mediante esse frio.;

Eu não encontro, sem ti, a Vida.;

Eu sei que encontraste-a, por ti, envolvida.;

Eu tenho o Coração mais vazio.



Ela saíra sem notar a minha Alma morta.;

Ela fez o forte enfraquecer-se de repente.;

Ela partira desinibida portando a Sem Volta.



O Mundo engoliu-se, tornou-se carente.;

O Tom fez mudo, o Importante não mais se importa.;

O Amor desfraguimenta-me, deixa-me tranparente.





© GAMA Adriano – Ilhéus, 2001
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui