Usina de Letras
Usina de Letras
42 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Um país de caolhos -- 12/06/2008 - 16:35 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
UM PAíS DE CAOLHOS

"Um OLHO vê o portão do vestiário dos aflitos fechado.
O OUTRO OLHO é cego para enxergar o portal fechado em São Januário, que impediu o Sport Recife de aquecer no gramado, tendo que fazê-lo dentro de um vestiário com cheiro de cola de sapateiro e de tinta de parede.

Um OLHO arregala-se para ouvir a referência de caráter Wanderley Luxemburgo dizer que teve dificuldades para chegar à ilha, e que a comida de um Hotel 5 estrelas fez mal aos seus jogadores.
O OUTRO OLHO é cego para enxergar as imagens do ónibus do Sport Recife sendo apedrejado no mesmo São Januário.

Um OLHO vê a "truculência" da Polícia Pernambucana ao prender um indivíduo (igual a outro qualquer), após desrespeitar várias leis (gestos obscenos, agressão, etc.).
O OUTRO OLHO é cego para enxergar a mesma "truculência" quando no Morumbi um jogador argentino foi algemado e preso ainda no estádio.

Um OLHO assiste passivamente o presidente da federação carioca de futebol pedir para que não haja mais jogos de futebol em Pernambuco.
O OUTRO OLHO é cego para lembrar que o estádio de São Januário pertence a um clube filiado a esta mesma federação carioca.

Um OLHO se enche de brilho para falar e criticar os fogos de artifícios soltados por torcedores no Recife em frente a hotéis que hospedam delegações de clubes do sul.
O OUTRO OLHO é cego para enxergar as imagens dos foguetórios realizados em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, sempre que partidas decisivas são realizadas lá.

Um OLHO se abre para criticar o Estado de Pernambuco, seus Estádios de Futebol (onde se diga nunca houve mortes por brigas de torcidas), e seus Clubes.
O OUTRO OLHO fica cego e não se lembra das mortes de torcedores em estádios do sudeste e do sul".

Um OLHO se abre de PRECONCEITO.

O OUTRO OLHO se fecha de VERGONHA.

FAÇAM SUA PARTE, FALEM, DIVULGUEM, ATUEM CONTRA ESSE VERGONHOSO PRECONCEITO QUE EXISTE AOS ESTADOS NORDESTINOS!!!

POIS EU NÃO CANSAREI DE GRITAR PRA QUEM QUISER OUVIR:

EU TENHO ORGULHO DE SER NORDESTINO!!!


Obs.: Texto recebido de Isaac Bastos (F.M.).


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui