Usina de Letras
Usina de Letras
48 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62126 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22528)

Discursos (3238)

Ensaios - (10326)

Erótico (13566)

Frases (50535)

Humor (20019)

Infantil (5413)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140775)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Êxito de Lula vira o jogo nas eleições -- 02/09/2008 - 20:14 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A opinião de José Nêumanne

Jornalista e editorialista do Jornal da Tarde

2/9/2008

Êxito de Lula vira o jogo nas eleições

O inesperado e inusitado prestígio popular do presidente Lula em seu segundo mandato ajuda hoje a eleger aliados nas prefeituras e as vitórias destes poderão influir na sucessão, em 2010

Após inaugurar o segundo mandato com sucesso popular, ao contrário do que ocorre normalmente no mundo e também aconteceu aqui na primeira experiência neste sentido de seu antecessor Fernando Henrique Cardoso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode vir a instituir outra novidade em eleições: a transferência automática de votos. Além dela, a influência de uma gestão federal numa eleição municipal. E, depois dela, a possibilidade de uma disputa local alterar o quadro numa disputa nacional.

A desgraça do segundo mandato tornou-se notória no Brasil com o evidente desgaste da popularidade do ex-presidente tucano, que foi eleito pela popularidade conseguida com o patrocínio do fim da inflação e, depois, conseguiu emendar a Constituição para não ter de deixar o posto. Mesmo se dizendo adversário ferrenho da volta ao poder pelas urnas, Lula disputou e venceu a reeleição para navegar em mares de almirante no segundo mandato. Os altíssimos índices de popularidade que tem registrado ao longo deste bis de gestão não só prenunciam alvíssaras para ele e seus aliados na eleição presidencial daqui a dois anos, mas começam a ser benfazejos para os candidatos que apóia.

A virada mais espetacular nas intenções de votos desta eleição está ocorrendo aqui mesmo em São Paulo. No começo do ano, antes da campanha, nem o mais fervoroso petista contava com a possibilidade de vitória da então ministra do Turismo, Marta Suplicy: para ela, a disputa se prenunciava inglória contra a aliança tucano-dêmica, que vinha governando o maior município do País desde que José Serra impediu que ela própria fosse reeleita. Com o apelido de Martaxas e a desvantagem de ter mandado as vítimas do caos aéreo nacional relaxarem e gozarem nos aeroportos tumultuados, tudo o que ela podia fazer era esperar pela tida e havida como certa falta de memória da população. Hoje seus estrategistas já contam com a possibilidade de um triunfo no primeiro turno. Isso se deve muito à briga estúpida que divide seus adversários, mas é inegável a contribuição do apelo de Lula.

Idêntico movimento ocorre em cidades diferentes como São Bernardo do Campo e Recife. No berço político do presidente, seu ex-ministro Luiz Marinho ameaça o charme e a competência do prefeito tucano Dr Dib. Na capital pernambucana, o ex-favorito Mendonça Neto é ultrapassado por João da Costa, há pouco um ilustre desconhecido.

Talvez o PSDB e o DEM, que tudo têm feito para facilitar a vida do presidente no País, nos Estados e nas cidades, terminem forçados a assistir das bancadas minoritárias das Càmaras Municipais das cidades que antes governavam o fenómeno inusitado de um presidente eleger prefeitos para, depois, tirar vantagem disso na própria sucessão. é que no poder não há vácuo.


Obs.: Recado de Nêumanne:

Seguem poema recente e notícia de minha posse segunda-feira na Academia Paraibana de Letras.

www.neumanne.com

www.plataforma.paraapoesia.nom.br


Tenha as últimas notícias do Estadão direto no seu computador em 1 clique. Acesse: www.estadao.com.br/widget


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui