Usina de Letras
Usina de Letras
49 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Que saudades tive de outros 7 de setembro -- 09/09/2008 - 19:54 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
QUE SAUDADES TIVE DE OUTROS 7 DE SETEMBRO.

Glacy Cassou Domingues

Grupo - Guararapes.

Fortaleza, 08/09/2008

Deixei de propósito passar o dia, passar o 7 de setembro de ontem, para ver quais seriam os comentários cabíveis a fazer hoje. Não fosse o calendário para confirmar que hoje são 8, diria que foi pulado o 7.

Forram enxurradas de lembranças dos 7 de setembro que vivi como estudante. Primeiro no Colégio Paranaense - Sessão Feminina - e depois na Escola de Professores do Paraná. Na pré e adolescência foram sete anos, quando desde agosto, todo o colégio começava os ensaios para a parada. D. Raquel, a professora de Educação Física, começava os ensaios para o desfile, que só perdia em garbo e disciplina, para os quartéis.

A animação, o empenho nosso, alunas, não era menor que o dos militares. Tínhamos como porta-bandeiras, as mais altas. O efetivo de alunas era distribuído em "pelotões", com uma "chefe" que ia à frente. D. Raquel não permitia desalinhamento, passado errado, olhar para o lado para ver se o namorado ou a família estava aprovando. Era chamada atenção na hora, em pleno desfile. Era só olhar à frente e sem pestanejar.

E o garbo? Cultivávamos com o maior carinho, pois só o Exército nos superava. Acredito que por simpatia de D. Raquel, fui todo o ginásio e Escola de Professores, chefe de pelotão. Se eu ficava orgulhosa? Não estão sentido que até agora lembro com uma pontinha de orgulho? Será pecado?

`Não tinha um passo errado. Ninguém olhava para os lados. As fileiras eram perfeitas. Se D. Raquel fosse Comandante de alguma guarnição, o desfile não seria mais perfeito.

Alguma diferença com o dia de ontem? Se HOJE o presidente não tem heróis para reverenciar, a nós naquele tempo não faltavam vultos e datas para reverenciar e proclamar nossa cidadania já despertada. O presidente hoje, reverencia Lamarca, Che Guevara - emprestado - Frei Beto, e os traidores criminosos que queriam entregar nosso país para o partido da Hidra Vermelha, o que só conseguiram com o apoio de maus brasileiros e políticos mais interessados com status pessoal, servindo também, o económico ou político. Basta prestar atenção nas sessões das Torres Gêmeas do Congresso, e VER o valhacouto que se tornaram, com o aval explícito do Executivo.

Um triste 7 de setembro foi apresentado ontem . Nem a imprensa achou espaço para a data.Felizmente não preciso de manchetes para lembrar o evento. MEU CORAÇÂO - TEIMOSAMENTE - ENCARREGA-SE DISSO.


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui