Usina de Letras
Usina de Letras
38 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Blog do César Maia: Carta aberta ao Ibope -- 29/09/2008 - 11:06 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Ex-Blog do Cesar Maia

29/09/2008

EX-BLOG: CARTA ABERTA AO IBOPE!

1. Este Ex-Blog pelo respeito à tradição e importància do IBOPE, este prestigiado instituto de opinião, cujo alcance e responsabilidade se traduzem pelo multiplicador dado através de importantes meios de comunicação, vem solicitar que faça uma urgente auditoria em relação aos números publicados relativos ao candidato Crivella no Rio.

2. Há um mês que Crivella não tem nem 20% das intenções de voto, que dirá os 24% que esse instituto divulgou no sábado. Um erro deste tamanho exige que o próprio Ibope faça uma auditoria interna em seus sistemas e processos. Este Ex-Blog não aceita os argumentos maquiavélicos de alguns, que insistem em dizer que o Ibope estaria a serviço de uma falsa polarização entre Crivella e o candidato do PMDB. Alegam que pelo fato do Ibope estar trabalhando em tracking (pesquisa todo dia), para o PMDB, comprovaria isso.

3. Este Ex-Blog tem absoluta certeza que isso faz parte do imaginário eleitoral. Mas o que explica tamanha discrepància? Este Ex-Blog vem sugerir um rastreamento em seus sistemas, pois o mais provável é que um hacker esteja entrando em seus sistemas e trocando os códigos de Crivella, com outro candidato que tenha mais votos onde Crivella tem menos. Uma ação dessas, de um hacker experimentado, seria muito difícil de ser detectada.

4. O que este Ex-Blog sugere é que o Ibope zere todos os códigos da pesquisa no Rio. Ou melhor: limpe todo o sistema e o re-digitalize completamente. Esse tipo de intervenção em sistema já ocorreu em eleições no Rio, no caso Proconsult, quando se retirava de Brizola e se colocava em brancos e nulos. O Ibope pode estar sendo vítima de um crime cibernético como esse. Se o Ibope informar que está zerando tudo e refazendo seu programa, dará uma enorme tranquilidade a todos e em seguida poderá apresentar Crivella com menos de 18%. Isso só servirá para melhorar ainda mais a imagem de um instituto de pesquisa que todos os brasileiros admiram.


VEREADORES: IBOPE!

SP: 63% dos eleitores estão indecisos ou anulam voto para Vereador. 65% não lembram (ou não responderam) em quem votaram em 2004. RIO: 42% estão indecisos ou anulam. 63% não se lembram ou não responderam.

BH: 46% estão indecisos ou anulam. 61% não se lembram ou não responderam.Recife: 51% estão indecisos ou anulam. 63% não se lembram ou não responderam.


COMERCIAL DO PMDB DO RIO SOBRE SERVIDORES PÚBLICOS!

Clique abaixo. 30".http://br.youtube.com/watch?v=eCAQ-lGLGgI


VAGABUNDO: UM "TIPPING POINT"?!

1. Este Ex-Blog já comentou aqui sobre a teoria do Tipping Point aplicada a política. Um fato, ou uma expressão, ou uma frase, ou um elemento, que não sendo parte integrante da estrutura principal de um sistema, ao ocorrer desequilibra esse sistema e provoca sua ruptura ou mesmo sua desintegração. E deu exemplos para várias eleições.

2. A célebre avaliação de Carville na primeira campanha de Clinton a presidente -"é a economia, estúpido" - é um exemplo. A fácil vitória de Bush pai (celebrado na Guerra do Golfo meses antes) se transformou em derrota porque a economia vinha perdendo fólego e era o único ponto em que Clinton podia focalizar para vencer. E assim foi. É provável que a palavra "marajá" tenha construído a imagem de Collor candidato e, simultaneamente, desconstruído a imagem dos demais.

3. O uso por Cabral da expressão Vagabundo e Safado, transmitida no rádio e tv, e dirigida a servidores faltosos em hospital, pode ter sido o "momentum" desta eleição. Se for assim -e sendo um tipping point- pode carregar o seu candidato no Rio a desmontagem. Carlos Lacerda usava sempre uma assertiva: "- Se servidor publico faz ganhar eleição, não sei. Mas sei que certamente faz perder".


LULA CONSAGRADO... PÉ FRIO!

Folha de SP

Após comício de Lula, piora posição do PT em Natal Em vez de subir, Fátima Bezerra, a candidata do PT à prefeitura de Natal (RN), caiu nas pesquisas depois do comício estrelado por Lula. O empurrão de Lula produziria, no dizer do petismo local, a ansiada "virada". Deu-se, porém, o inverso. Fátima caiu em duas pesquisas. E Micarla, apoiada pelo proto-oposicionista José Agripino Maia (DEM), subiu. Retornou a patamares que, se mantidos, podem dar-lhe a vitória no primeiro turno.


1992 & 2008!

1. O cientista político Jairo Nicolau, em palestra antes do início dessas eleições, disse que a eleição de 2008 se parecia muito com a de 1992. Uma das características da de 1992 foi uma quantidade grande de candidatos. Outra foi que os que lideraram as pesquisas até a última semana não foram para o segundo turno. A deputada Cidinha Campos, que liderou durante toda a campanha, terminou em terceiro, ficou para trás e não foi ao segundo turno.

2. O "clima" deste fim de semana foi "chuvoso", mas principalmente para quem lidera. Dava toda a impressão, pelas conversas -em vários bairros- que a trajetória da Cidinha em 1992 está se repetindo esse ano e quem esteve em primeiro desde que a TV abriu pode nem ir para o segundo turno. Se a velocidade da queda deste fim de semana for uma tendência... certamente não irá.


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui