Usina de Letras
Usina de Letras
39 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50541)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->São Paulo: Vamos mandar Martaxarelaxaegoza prá casa? -- 29/09/2008 - 12:14 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O DIA DA VIRADA. EU NÃO DISSE ?

Neil profeta Ferreira.

As duas pesquisas de hoje, 27/9, Ibope e Datafolha, mais uma vez confirmam o que o profeta aqui anteviu - só os profetas enxergam o óbvio, profetizou o guru de todos os gurus, Nelson Rodrigues.

A promessona martaxa relaxa e goza tem 35 no Ibope. Na projeção do 2º. turno do Datafolha, pela primeira vez aparece apanhando do Kassab e do Alckmin. No 1º. dia do horário político, tinha 41 no Ibope e número muito semelhante no Datafolha. A diferença entre os dois institutos estava dentro da margem de erro. Com o seu programa produzido pela Mentirobrás, mentindo absurdos como a história dos 47km (ou 63) do Metró que vai "obrar", e da Internet wireless que vai "dar" digrátis e com o lulla mergulhando de cabeça no seu apoio, como sua (della) muleta, atrevi-me a profetizar num artigo que "o lulla vai implodir a vantagem da martaxa relaxa e goza". O lulla é um tradicional derrotado em São Paulo, capital, a maior cidade nordestina do mundo. Perdeu todas aqui e vai perder mais esta. Apesar da lambança que Alckmin aprontou, martaxa está destinada a passar o que lhe sobra da vida tomando conta do Argentino, isso se ele reaparecer depois desse chá de sumiço que tomou nesses tempos de comícios e eleições. A perua já era, mesmo que receba os votos do maluf, que os entregará chantageado pelo josé mentor, e a avalanche de 2% da soninha do barraco, aquela que levou uma coça de uma ex-colega da legenda do pt, no banheiro massculino da Càmara de Vereadores. Se não foi coça, o agarra-agarra com testemunhas então era sabe- se lá o quê, não me atrevo a insinuar. A barraqueira, embora PPS, admite preferência pelo "gênero" ex-querda Dolce e Gabana da martaxa.

Alckmin em queda livre, de 31 para 20, desce rápidamente a escada do respeito que merecidamente conquistou nas eleicções de 2006, quando mesmo fragilizado deu duas sovas no lulla em São Paulo, capital. Trocou seus dungas por felipões vociferantes, de uma hora para outra passou a elogiar lulla ("com lulla tudo bem...") e malhar Kassab de tudo quanto foi jeito, caiu um ponto por dia entre um Ibope e o outro, 82 Mil Votos Por Dia de perdas. Aguardemos o olho da rua para os felipões e a vinda, quem sabe, dos luxemburgos e suass tretas de compra de pseudos craques, talvez alguma baiana cantora de axé para cantar um novo jingle milagroso.

Kassab, numa extraordinária subida, passou de 10 para 25 no Ibope, não num salto ocasional mas de maneira sólida e consequente, ganhou mais de Um Milhão e Duzentos Mil Votos. Especialmente depois que começou a levar porradas do Alckmin e da martaxa, em uníssono, quase como aliados contra sua reeleição. Por que martaxa prefere o 2º. turno com o Alckmin, se o Datafolha projeta que ela leva um cacete dele também ? Não tenho a menor idéia, talvez o lullismo ache que com martaxa ou com Alckmin a prefeitura de São Paulo fica no bolso delles, mas isso é chute que dou na falta de argumento melhor.

A se acreditar nass pesquisas, temos uma lição que o eleitor apresenta-nos com sincera simplicidade.

A martaxa relaxa e goza mentiu o que pode e o que não pode, chegou a babar mentiras ridículas de tão absurdas, teve apoio incondicional do lulla, da ex-assaltante cumpanhera dirma e do lullismo em peso. Caiu com o horário político, seus dungas que ponham as barbas de molho.

Alckmin só caiu depois que sua ação de espancar o Kassab provocou o milagre da ressurreição da martaxa relaxa e goza, então morta e enterrada, com 11 no Ibope - e caindo. Quando trocou seus dungas por felipões vociferantes e passou a urrar e atirar contra o Kassab, caiu mais ainda, perdeu 82 Mil Votos Por Dia. Demonstra que o eleitor não aprova traições nem baixarias.

Kassab manteve a campanha discreta, sem picos de promessas enormes nem funduras abissais de baixarias. Focou na sua administração, bem avaliada pela população em geral, independente de torcida política. Tem um equilíbrio que parece agradar ao eleitor, em geral conservador. Dispensa a granfinice e arrogància da martaxa, foge da esquisita agressividade do Alckmin, que não se parece com ele e a "vox populi vox Dei" diz que "O que não se parece com o dono é roubado".

Esse Alckmin dos últimso 8 ou 10 dias da campanha não é o Alckmin como o conhecemos, é uma falsificação, uma cópia pirata de péssima qualidade, bem feito que seja recusada pelos eleitores.

Mas veja que interessante, Kassab e Alckmin, juntos, somam 45, martaxa 35. Mais uma semaninha e os dois poderiam perfeitamente chegar aos 51 e mandar a perua ralaxar e gozar em casa, que é lugar quente, já no 1º. turno.

Devemos, portanto, ao Alckmin o sufoco do 2º. turno, com a possibilidade do governo aprontar sujeiras semelhantes às que aprontou em 2006.

FINALMENTE UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL.


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui