Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59138 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138242)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5526)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->29.07.2020 - Amizade -- 28/07/2020 - 19:51 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

https://www.youtube.com/watch?v=-19W6xta0q4

 

Diário da Pandemia

 

Amizade

 

Fala-nos da AMIZADE! E ele, respondeu dizendo: Vosso amigo é a satisfação de vossas necessidades. Ele é o campo que semeais com carinho e ceifais com agradecimento.

 

É vossa mesa e vossa lareira. Pois ides a ele com vossa fome e o procurais em busca de paz. Quando vosso amigo expressa seu pensamento, não temais o não de vossa própria opinião, nem prendais o sim. E quando ele se cala, que vosso coração continue a ouvir o seu coração. Porque na AMIZADE, todos os desejos, ideias, esperanças, nascem e são partilhados sem palavras, numa alegria silenciosa.

 

Quando vos separais de vosso amigo, não vos aflijais. Pois o que há mais nele pode tornar-se mais claro na ausência, como para o alpinista a montanha aparece mais clara, vista da planície. E que não haja outra finalidade na amizade a não ser o amadurecimento do espírito. Pois o amor que procura outra coisa a não ser a revelação de seu próprio mistério não é amor, mas uma rede armada, e somente o inaproveitável é nela apanhado.

 

E que o melhor de vos próprios seja para vosso amigo. Se ele deve conhecer o fluxo de vossa maré, que conheça também o refluxo. Pois, que achais seja vosso amigo, para que o procurais, somente a fim de matar o tempo?

 

Procurai-o sempre com horas para viver: O papel do amigo é de encher vossa necessidade, não vosso vazio. E na doçura da amizade, que haja risos e o partilhar dos prazeres. Pois no orvalho de pequenas coisas, o coração encontra sua manhã e sente-se refrescado... Do Livro O PROFETA, Khalil Gibran.

 

-x-x-

A amizade é como um raio de sol: chega de mansinho, aquece a vida, desabrocha a esperança. A amizade é você partilhando amor (Edições Paulinas).  

-x-x-

 

Juazeiro do Norte (CE) – Terceira cidade

 

 

Juazeiro do Norte é um município brasileiro do estado do Ceará. Localiza-se na Região Metropolitana do Cariri, no sul do estado, distante 491 km da capital, Fortaleza, a uma altitude de 377 metros acima do nível do mar. Ocupa uma área de 249 km², a população estimada para 1º de julho de 2019 era de 274.207 habitantes, que o torna o terceiro mais populoso do Ceará (depois de Fortaleza e Caucaia), a maior do interior cearense e a 104ª do Brasil. Juazeiro do Norte é um dos municípios de maior população do interior do Nordeste, ocupando o sétimo lugar. A taxa de urbanização é de 95,3%.

Devido à figura de Padre Cícero, é considerado um dos três maiores centros de religiosidade popular do Brasil, juntamente com Aparecida (SP) e Nova Trento (SC). Juazeiro é ainda um grande polo cultural do Brasil, sendo um dos maiores centros de artesanato e cordel do nordeste do país. A cidade tem ainda um dos maiores polos acadêmicos do interior Nordestino e é considerada como uma "Capital regional" sendo reconhecida como a "Metrópole do Cariri".

 

Veja mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Juazeiro_do_Norte

 

https://www.youtube.com/watch?v=LU1EPd6YHJM

https://www.youtube.com/watch?v=olf4mtldius

 

 

Últimas Notícias: https://www.uol.com.br

 

 

 

Diário da Pandemia

 

 

O Diário da Pandemia

Que inventei de escrever

Jamais teve a intenção

Que não só o meu querer

De o dia a dia registrar

Pra no futuro lembrar

O que estamos a viver

 

 

Mas é preciso dizer

Aqui não vou divulgar

Notícias de tristeza

Já que quero me alegrar

E se esse meu escrever

Nem pouco alegrar você

Mal também não lhe fará.

 

 

Caros Amigos,

 

 

A partir de 22.03.2020, passei a publicar versos meus em outras situações, retornando ao assunto em pauta apenas eventualmente.

 

 

Para lê-los ou relê-los clique: https://bit.ly/tarcisocoelho

 

 

 

Obs.: Fico grato pelas visitas, inclusive a outros trabalhos lá publicados, bem como aos comentários que tiverem a bondade de escrever.

 

 

 

Abraços a todos.

 

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 29.07.2020.

 

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 116 vezesFale com o autor