Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->A capacidade de o Babalorixá de Banània falar besteira -- 10/11/2008 - 22:38 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Lula acredita que chegada de Obama ao poder começou com a sua própria eleição, em 2002

A capacidade de Lula de falar besteira é um troço inesgotável. Leiam o que vai abaixo, que está no Globo Online. Volto depois:


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu, onde se reuniu pela manhã com governadores do Mercosul, que a eleição de Barack Obama nos Estados Unidos, "começou na América do Sul".

- Eu sempre tomei cuidado para não opiniar sobre as eleições em outros países, mas no caso dos Estados Unidos eu não me contive e fiz questão de dizer que gostaria que Obama ganhasse. E tudo isso começou na América do Sul. Obama é mais um passo disso - explicou Lula.


O presidente citou os casos da eleição do Evo Morales (na Bolívia), Fernando Lugo (no Paraguai), de Tabaré Vazquez (no Uruguai) e a eleição dele próprio no Brasil, mostrando que todos são lideres emergentes e representando os mais pobres, como acontece com Obama nos Estados Unidos. Todos vieram do meio popular, como ele dos metalúrgicos e Evo, dos indígenas.

- A eleição do Obama é mais do que o resultado eleitoral, representa a mudança de consciência - disse Lula, mostrando que Obama tem agora responsabilidade de resolver a crise antes mesmo de assumir a presidência americana no dia 20 de janeiro. Lula defendeu que o presidente eleito já tome medidas económicas já no governo de transição.

- Temos que acreditar que o presidente Obama tem que tomar atitudes agora, ainda enquanto não é presidente, eu diria que até no grupo de transição, já tem que começar a tomar medidas.


O líder brasileiro acrescentou:

- Se o Obama levar mais de um ano para resolver a crise americana, poderá perder todo o capital político que obteve agora com sua grande vitória - disse Lula, durante discurso em Foz do Iguaçu na abertura da "Rodada de Integração Produtiva de Governadores e Prefeitos do Foro Consultivo de Munícpios, Estados Federados, Províncias e Departamentos do Mercosul: Eixo Sul".

A reunião está sendo promovida pela Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, com apoio da Itaipu Binacional e do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), que está sendo realizado no Parque Tecnológicos de Itaipu, em Foz do Iguaçu. Lula chegou à cidade ontem à noite. Participou da abertura hoje cedo e vai está retornando a Brasilia. Amanhã cedo participa da reunião dos ministros da Fazenda e dos Bancos Centrais do G20, em São Paulo.

Comento

Pergunte a americanos comuns onde fica o Brasil. Eles não sabem. Mas isso não quer dizer que sejam ignorantes. Quer dizer que o Brasil não tem, para eles, a importància que eles têm para o Brasil. É simples assim. Diga de bate-pronto, leitor: Angola fica na costa ocidental ou oriental da África? E Moçambique? Qual é capital da Guiné-Bissau? Entendeu ou quer que eu desenhe? E, no que diz respeito aos americanos, o mesmo vale para Uruguai, Paraguai ou Bolívia. Daqui a pouco, o petista Valter Pomar convida o presidente eleito dos EUA para uma reunião do Foro de São Paulo.

Observem que Lula excluiu Chávez de sua linha evolutiva. O processo de mudanças que resultou na eleição de Obama teria tido seu marco inicial em 2002, no Brasil. Os Estados Unidos, que vêm sempre atrás, copiando o Brasil, só aderiram em 2008... Lula não conseguiu "eleger" prefeito em São Paulo. Lula não conseguiu eleger a prefeita em Natal. Lula não conseguiu eleger a prefeita de Porto Alegre. Mas Lula se sente co-responsável pela eleição de Obama nos EUA. Sim, eu já escrevi que, de algum modo, Obama "é o Lula deles". Reitero: referia-me apenas, e sustento, ao aparato de confiança irracional na figura do demiurgo. Só isso. De resto, para um país como o Brasil, Obama já é pior do que seria John McCain - pesquise o voto de cada um dos senadores sobre a taxação do etanol brasileiro nos EUA: o democrata votou a favor; o repubicano, contra.


Resolver crise em um ano

Quanto ao prazo para resolver a crise, por que Lula não se cala também nesse particular? No primeiro ano de seu governo, ele teve de elevar o superávit primário, a taxa de juros e produziu um crescimento próximo de zero. E usou o capital político acumulado para pedir paciência. É óbvio que Obama não vai "resolver a crise" em um ano.

Acontece que Apedeutakoba, agora transformado no verdadeiro pai da eleição de Obama, sente-se na condição de dar conselho àquele jovem...


Por Reinaldo Azevedo |


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui