Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59109 )

Cartas ( 21236)

Contos (13108)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9435)

Erótico (13481)

Frases (46496)

Humor (19274)

Infantil (4456)

Infanto Juvenil (3718)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138219)

Redação (3051)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5519)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->20.08.2020 - O Cachorro -- 19/08/2020 - 18:33 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

https://youtu.be/78Kyjmdp684

https://youtu.be/30gexWtY7Ns

 

Diário da Pandemia

 

O Cachorro

 

Se você quer um amigo

Que mais dá do que lhe pede

E que amigo persevere

Mesmo quando ofendido

Não procure o bicho homem

Para tê-lo como amigo

 

Se quiser ter um amigo

Até mais que um humano

E que não traga desengano

Tenha um cachorro consigo

Em vez de ter amigo cachorro

É melhor ter cachorro amigo

 

Tarciso Coelho, agosto/2002

 

Por que os cães vivem menos que as pessoas?

 

Sendo um veterinário, fui chamado para examinar um cão de 13 anos de idade chamado Batuta. A família esperava por um milagre.

 

Examinei Batuta e descobri que ele estava morrendo de câncer e que eu não poderia fazer nada…

 

Batuta foi cercado pela família. O menino, Pedro, parecia tão calmo, acariciando o cão pela última vez, e eu me perguntava se ele entendia o que estava acontecendo. Em poucos minutos, Batuta caiu pacificamente dormindo para nunca mais acordar.

 

O garotinho parecia aceitar sem dificuldade. Ouvi a mãe se perguntando; -Por que a vida dos cães é mais curta do que a dos seres humanos?

 

Pedro disse: “Eu sei por quê”.

 

A explicação do menino mudou minha maneira de ver a vida.

 

Ele disse: -”A gente vem ao mundo para aprender a viver uma boa vida, como amar aos outros o tempo todo e ser boa pessoa, né?! Como os cães já nascem sabendo fazer tudo isso, eles não têm que viver por tanto tempo como nós.” Entendeu?

 

Moral da história é:

 

Se um cão fosse seu professor, você aprenderia coisas como:

 

* Quando teus entes queridos chegarem em casa, sempre corra para cumprimentá-los.

 

* Nunca deixe passar uma oportunidade de ir passear.

 

* Permita que a experiência do ar fresco e do vento no seu rosto seja de puro êxtase!

 

* Tire cochilos.

 

* Alongue-se antes de se levantar.

 

* Corra, salte e brinque diariamente.

 

* Evite “morder” quando apenas um “rosnado” seria suficiente.

 

* Em um clima muito quente, beba muita água e deite-se na sombra de uma árvore frondosa.

 

* Quando você estiver feliz, dance movendo todo o seu corpo.

 

* Delicie-se com a simples alegria de uma longa caminhada.

 

* Seja fiel.

 

* Nunca pretenda ser algo que não é.

 

* Se o que você quer, está “enterrado”… cave até encontrar.

 

* E nunca se esqueça:

Quando alguém tiver num mal dia, fique em silêncio, sente-se próximo e suavemente faça-o sentir que você está ali.

 

Relato de um Profissional!!!

 

Últimas Notícias: https://www.uol.com.br/

 

 

Diário da Pandemia

 

 

O Diário da Pandemia

Que inventei de escrever

Jamais teve a intenção

Que não só o meu querer

De o dia a dia registrar

Pra no futuro lembrar

O que estamos a viver

 

 

Mas é preciso dizer

Aqui não vou divulgar

Notícias de tristeza

Já que quero me alegrar

E se esse meu escrever

Nem pouco alegrar você

Mal também não lhe fará.

 

 

Caros Amigos,

 

 

A partir de 22.03.2020, passei a publicar versos meus em outras situações, retornando ao assunto em pauta apenas eventualmente.

 

 

Para lê-los ou relê-los clique: https://bit.ly/tarcisocoelho

 

 

 

Obs.: Fico grato pelas visitas, inclusive a outros trabalhos lá publicados, bem como aos comentários que tiverem a bondade de escrever.

 

 

 

Abraços a todos.

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 20.08.2020.

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 52 vezesFale com o autor