Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
191 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59109 )

Cartas ( 21236)

Contos (13108)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9435)

Erótico (13481)

Frases (46496)

Humor (19274)

Infantil (4456)

Infanto Juvenil (3718)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138219)

Redação (3051)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5519)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->24.08.2020 - Diário da Pandemia -- 24/08/2020 - 18:19 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

https://youtu.be/CEEB68p69sg

Diário da Pandemia

 

As Sete Maravilhas do Mundo Antigo

  • A Grande Pirâmide de Gizé
  • Jardins Suspensos da Babilônia.
  • A Estátua de Zeus.
  • O templo de Ártemis.
  • O Mausoléu de Halicarnasso.
  • O Colosso de Rhodes.
  • Farol de Alexandria.

 

Sete maravilhas do mundo

 

As sete maravilhas do mundo antigo são uma famosa lista de majestosas obras artísticas e arquitetônicas erguidas durante a Antiguidade Clássica, cuja origem atribui-se a um pequeno poema do poeta grego Antípatro de Sídon.[1] Das sete maravilhas, a única que resiste até hoje praticamente intacta é a Pirâmide de Quéops, construída há quase cinco mil anos. É interessante que na Grécia se encontrava apenas a estátua de Zeus em Olímpia, construída em ouro e marfim com 12 metros de altura. A ideia que se tem dela vem das moedas de Elis (atual Élida) onde foi cunhada a figura da estátua de Zeus. Ao contrário do que muitos pensam, é apenas a Pirâmide de Quéops (e não todas as três grandes Pirâmides de Gizé) que faz parte da lista original das Sete Maravilhas do Mundo.

A conquista grega de grande parte do mundo ocidental conhecido no século IV a.C. deu aos viajantes helenísticos acesso às civilizações dos egípciospersas e babilônios.[2] Impressionados e cativados pelos marcos e maravilhas das várias terras, esses viajantes começaram a listar o que viram para se lembrar deles.[3][4]

Em vez de "maravilhas", os antigos gregos falavam de theamata (θεάματα), que significa "vistas", ou seja, "coisas a serem vistas" (Τὰ ἑπτὰ θεάματα τῆς οἰκουμένης [γῆς] Tà heptà theámata tēs oikoumenēs [gēs]). Mais tarde, a palavra para "maravilha" ("thaumata" θαύματα, "maravilhas") passou a ser usada.[5] Assim, a lista foi concebida para ser a contrapartida de um guia de viagem do Mundo Antigo.[2]

A primeira referência a uma lista de sete tais monumentos foi dada por Diodoro Sículo.[6][7] O epigramista Antípatro de Sídon[8] que viveu em torno ou antes de 100 a.C.,[9] criou uma lista de sete destes monumentos, incluindo seis dos da lista atual (substituindo os Muros da Babilônia pelo Farol de Alexandria):[10]

Outro observador do século II aC, que afirmou ser o matemático Filão de Bizâncio,[11] escreveu um breve relato intitulado As Sete Vistas do Mundo. No entanto, um manuscrito incompleto sobrevivente apenas cobriu seis dos sete lugares, que concordaram com a lista de Antípatro.[4]

Ao contrário do que muitos pensam, é apenas a Grande Pirâmide de Gizé (e não todas as três grandes Pirâmides de Gizé) que faz parte da lista original das Sete Maravilhas do Mundo e a única que ainda está de pé.[1]

Mundo medieval

Existem diversas listas sobre as "(sete) maravilhas do mundo medieval". Mas é pouco provável que estas listas tenham surgido nessa época, porque a palavra "medieval" foi introduzida na época do iluminismo e o conceito da Idade Média tornou-se popular só a partir do século XVI. O dicionário Brewer's Dictionary of Phrase & Fable sugere tratá-las como listas desenvolvidas após a Idade Média.[15]

Muitas das estruturas contidas nestas listas foram construídas antes da Idade Média, mas eram bem conhecidas.[16] As listas levam nomes como "Maravilhas da Idade Média" (implicando nenhuma limitação específica para sete), "Sete Maravilhas da Idade Média", "Patrimônio Medieval" e outras denominações. Os representantes mais comuns das sete maravilhas da Idade Média são: StonehengeColiseu de RomaCatacumbas de Kom el ShoqafaTorre de Porcelana de NanquimMuralha da ChinaTorre de Pisa e Basílica de Santa Sofia.[16] Porém, existem listas adicionando ainda mais itens, como por exemplo a Abadia de Cluny[17] e o Taj Mahal.[18]

 

Mundo moderno

Descrição: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/3a/Magnifying_glass_01.svg/17px-Magnifying_glass_01.svg.png Ver artigo principal: Sete maravilhas do mundo moderno

As novas sete maravilhas do mundo foi uma revisão de caráter informal e recreativo da lista original das sete maravilhas, idealizada por uma organização suíça chamada New Open World Corporation (NOWC). A seleção foi feita mundialmente por votos pela internet gratuitos e ligações telefônicas. Os vencedores foram: Necrópole de Gizé (título honorário); Grande Muralha da ChinaPetraColiseuChichen ItzaMachu PicchuTaj Mahal e Cristo Redentor.[19]

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sete_maravilhas_do_mundo

https://pt.slideshare.net/emanuelsinerio/a-sete-maravilhas-do-mundo-antigo

https://youtu.be/jRSUaX45xE4

 

Últimas Notícias: https://www.uol.com.br/

 

 

Diário da Pandemia

 

 

O Diário da Pandemia

Que inventei de escrever

Jamais teve a intenção

Que não só o meu querer

De o dia a dia registrar

Pra no futuro lembrar

O que estamos a viver

 

 

Mas é preciso dizer

Aqui não vou divulgar

Notícias de tristeza

Já que quero me alegrar

E se esse meu escrever

Nem pouco alegrar você

Mal também não lhe fará.

 

 

Caros Amigos,

 

 

A partir de 22.03.2020, passei a publicar versos meus em outras situações, retornando ao assunto em pauta apenas eventualmente.

 

 

Para lê-los ou relê-los clique: https://bit.ly/tarcisocoelho

 

 

 

Obs.: Fico grato pelas visitas, inclusive a outros trabalhos lá publicados, bem como aos comentários que tiverem a bondade de escrever.

 

 

 

Abraços a todos.

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 24.08.2020.

 

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 56 vezesFale com o autor