Usina de Letras
Usina de Letras
41 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Dos sonetos de Orfeu, I:1- De Rilke. -- 13/08/2001 - 15:02 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
DOS SONETOS DE ORFEU

I:1

Lá cresceu uma árvore. Oh, puro crescimento!

Oh, Orfeu canta! Oh, alta árvore no ouvido!

E tudo se calou. E o próprio calar

Foi o sinal para novo início e nova transformação.

Animais em silêncio sairam em disparada

tocas e dos pastos claros da floresta.; E renderam-se ali, pois não estavam amedrontados



Nem se sentiam vítimas de alguma astúcia



A não ser de ouvir. Rugidos, gritos, bramidos

Baixinhos, só em seus corações. E onde mesmo

Havia apenas uma cabana para recebê-los.



Um refúgio de sombria ansiedade

Com uma entrada, cujos postes tremiam, —

Lá ergueste para eles, na recepção, o templo.

************

ÜBER ORPHEU’S SONNETTE .

I:1

Da stieg ein Baum. O reine Übersteigung!

O Orpheus singt! O hoher Baum im Ohr!

Und alles schwieg. Doch selbst in der Verschweigung

ging neuer Anfang, Wink und Wandlung vor.

Tiere aus Stille drangen aus dem klaren

gelösten Wald von Lager und Genist.; Das und da ergab sich, dass sie nicht aus List



und nicht aus Angst in sich so leise waren,



sondern aus Hören. Brüllen, Schrei, Geröhr

schien klein in ihren Herzen. Und wo eben

kaum eine Hütte war, dies zu empfangen,



ein Unterschlupf aus dunkelstem Verlangen

mit einem Zugang, dessen Pfosten beben, —

da schufst du ihnen Tempel im Gehör.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui