Usina de Letras
Usina de Letras
205 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62152 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50554)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140785)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6176)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Uma lacrónica de Natal -- 20/12/2008 - 22:12 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Uma lacrónica de Natal

Félix Maier

Uma lacónica crónica, foi tudo o que consegui escrever neste Natal.

As pessoas se acotovelam nos shoppings, as compras são intermináveis, os cartões de crédito deslizam nas máquinas sem parar.

Faz-se de tudo durante a ceia de Natal: distribuem-se presentes, abre-se uma champanha, come-se um suculento peru. Os cumprimentos são muitos, porém ninguém mais se lembra quem é o aniversariante da festa.

Papai Noel matou o Krist Kindchen (Menino Jesus) que eu conheci quando criança. Naquelas ocasiões tão especiais, minha mãe enfeitava o pinheirinho com estrelas e outros pingentes natalinos feitos semanas antes com as folhas prateadas dos maços de cigarro, que eram catadas nas ruas e guardadas durante o ano, sendo que mingau de farinha servia como cola. E velas eram acesas na árvore, porque não tínhamos luz elétrica.

E cantávamos Stille Nacht (Noite Feliz) e O Tannenbaum (Ó Pinheirinho) em alemão. Uma bola ou um carrinho de madeira era o máximo que um menino pedia, não a Papai Noel, mas ao Menino Jesus. Para as meninas, uma boneca.

Aquilo, sim, era Natal. Hoje é só uma festa pagã, consumista, com um barrigudo ridiculamente rindo hohoho! de todos nós, otários.

Parabéns pelo seu aniversário, Menino Jesus!


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui