Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
43 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59136 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138240)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->26.11.2020 - Policiamento Cosme e Damião -- 25/11/2020 - 23:04 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

Diário do Dia a Dia

 

 

Policiamento Cosme e Damião

 

O policiamento em duplas, denominado Cosme e Damião, é a modalidade mais elementar de policiamento; o qual é realizado a .

A designação desse policiamento como Cosme e Damião surgiu na década de cinquenta no Rio de Janeiro, e é mantida por tradição até os dias atuais. Em alguns Estados da Federação foram atribuidas outras denominações.

 

Na PMPR esse policiamento se iniciou em 1959, no Batalhão de Guardas, atual 12° BPM, sob o comando do Tenente-coronel Orlando Xavier Pombo.

Inicialmente, para integrar o serviço era necessário concluir um curso especializante. Idealizado e organizado pelo então 1° Tenente Antônio Cipriano Bispo, e aplicado nas dependências do 2° Batalhão de Polícia Militar, que nessa época tinha sede em Curitiba. Nesse curso constavam onze matérias; dentre as quais: ataque e defesa; boas maneiras (sic); socorros de urgências; dentre outras.

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Policiamento_Cosme_e_Dami%C3%A3o

 

 

-x-x-x-x-x-x-

Vê-se que quando há reação à prisão quase sempre ocorre força desproporcional, pois quem está em maior número e com poder de polícia não vai se deixar apanhar para demonstrar boas maneiras com quem talvez nem sempre tenha agido desse modo. O uso de armas não letais e que possam conter os ímpetos de quem reage a prisão, poderia ser uma forma de evitar mortes como as que acontecem em tais situações.

-x-x-x-x-x-x-

 

 

https://www.magazinevoce.com.br/magazinegarimpotarciso/

 

Compre aqui que o Magazine Luíza vai deixar em casa.

 

Para lê-los ou relê-los na Usina de Letras: https://bit.ly/tarcisocoelho

 

Inscreva-se.

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 26.11.2020

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 44 vezesFale com o autor