Usina de Letras
Usina de Letras
49 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Só acontece na República dos Vagabundos -- 04/05/2009 - 16:22 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
É o governo Lula - governo PT - governo dos alienados que já destruíram a reputação de muitas empresas e instituições e passaram a atingir os cidadãos.

Transformaram Raposa Serra do Sol em terra de ninguém (os índios são despreparados e dominados por "catequistas - colonizadores" estrangeiros e os alienados praticam o entreguismo com aval de ministros togados dominados e controlados.
A Nação Brasileira foi gradativamente destruída e já há muitos anos, agora, estão aniquilando o que restou do país que compreendia a nação em si.

Continuem de braços cruzados - principalmente os militares patriotas - observando incansáveis parias liquidarem tudo.

Paulo Sérgio

-----Mensagem Original-----
Enviada em: sábado, 2 de maio de 2009 10:00
Assunto: Re: Líder de arrozeiros é retirado da Raposa Serra do Sol

Sueli,

Fiquei revoltado ao ver hoje de manhã na TV um ancião de quase 90 anos sentado e dizendo que nasceu naquele pedaço de terra, na Raposa do Sol, e que não queria abandonar tudo que construíu ali. Que espécie de estupidez tomou conta dos três poderes desta república de merda para praticar tamanha violência, além de doar um riquíssimo pedaço do Brasil a ONGs estrangeiras!!! Estamos em plena ditadura virtual, pois Lula manda nos três poderes, tendo um bando de comunistas no judiciário e um bando de corruptos no legislativo, com o Ali Babá chefe da quadrilha dos 4 mil ladrões no executivo. Aonde vamos chegar?

Álvaro P. de Cerqueira

----- Original Message -----
Sent: Saturday, May 02, 2009 9:22 AM
Subject: Líder de arrozeiros é retirado da Raposa Serra do Sol

COMO SE DECOMPÕE UMA NAÇÃO

02/05/2009 - Líder de arrozeiros é retirado da Raposa Serra do Sol

Desocupação da fazenda de Quartiero mobilizou 25 policiais

Intermediada por desembargador, arrastou-se por 7 horas

Roosewelt Pinheiro/ABr

O prazo para a saída dos não índios da reserva Raposa Serra do Sol expirara à meia-noite de quinta (30).

Líder dos arrozeiros alvejados pela decisão do STF, Paulo César Quartiero, há 20 anos na reserva, prometera resistir.

Acabou se convertendo no símbolo da desistência. Foi um dos primeiros a receber a visita da PF, nesta sexta (1º).

Entre agentes federais e policiais da Força Nacional de Segurança, 25 homens foram à Fazenda Providência, em cujas terras Quartiero cultivava arroz.

O ex-proprietário estava só. Encontraram-no sentado num banco de maneira, sob a copa de uma mangueira.

Abordou-o, por volta das 10h30, o delegado federal Nelson Kneip, coordenador da operação de desocupação da reserva.

Instado a deixar a propriedade imediatamente, Quartiero bateu o pé. "Se houver uma determinação judicial eu saio. Na conversa, não..."

"...Meu interlocutor não é o senhor nem a Funai, mas a Justiça. Não aceito ser colocado para correr feito cachorro".

A resistência de Quartiero, político do DEM, ex-prefeito da cidade de Pacaraima (RR), era seu derradeiro jogo de cena. Sabia que sua hora tinha chegado.

Na véspera, liderara um protesto defronte do palácio de governo, na capital Boa Vista. Depois, passara a madrugada destruindo as benfeitorias de sua ex-fazenda.

Auxiliado por funcionários, pós tudo abaixo. Materiais que tinham alguma serventia foram despachados para Boa Vista.

O gado também foi transportado para um naco de terra arrendado por Quartiero na capital.

Era o prenúncio de que o líder-mor dos não índios rendera-se às evidências. Não tinha como lutar contra a inelutável sentença do Supremo.

Mas dificultou a mais não poder o trabalho do delegado Kneip. O policial advertiu-o três vezes. E nada.

Kneip lavrou um auto de resistência, desmobilizou a "tropa" e foi comunicar o fato à autoridade máxima que o Judiciário enviara à reserva.

Chama-se Jirair Meguerian. É desembargador. Preside o TRF-3. Alcançado pelo rádio, chegou à ex-fazenda de Quartiero sete horas depois.

O desembargador desceu de um helicóptero do Exército. Estava acompanhado de dois juízes federais e de representantes do Ministério Público e da Advocacia da União.

Trazia a tiracolo também um deputado federal do partido de Quartiero, o `demo´ Márcio Junqueira.

Embora Quartiero mantivesse o humor azedo, o magistrado Jirair Meneguerian não usou senão a lábia.

Aquiescendo a uma exigência de Quartiero, redigiu a mão um "mandado de desocupação".

Atestou a existência de arroz por ser colhido -400 hectares, segundo Quartiero. Informou que a colheita ficaria a cargo de órgãos da União.

Disse que o Estado pode requisitar-lhe o maquinário. E Quartiero: "Vocês estão levando tudo de mim, minha fazenda, meu arroz e agora querem minhas máquinas?..."

"...Não querem também levar minha mulher e filhos?" Ameaçou atear fogo às máquinas em vez de cedê-las ao governo.

Quartiero arriscou um último pedido ao desembargador: "Deixe-me ficar até a colheita". E o magistrado: "Não posso".

O fazendeiro após o jamegão no manuscrito que o presidente do TRF acabara de redigir. O texto não faz menção à cessão de máquinas.

Depois, resignado, o ex-proprietário da Fazenda Providência tomou o rumo da porteira, a pé. Acompanhou-o o deputado Junqueira.

A retirada de Quartiero foi à crónica do primeiro dia da desocupação da Raposa Serra do Sol como um troféu.

Se o líder máximo dos arrozeiros saiu -sob protestos, mas sem a necessidade do emprego de violência-, ninguém mais há de resistir.

Estima-se que a desocupação integral da reserva consumirá cerca de 30 dias.

Escrito por Josias de Souza às 05h24



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui