Usina de Letras
Usina de Letras
207 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62152 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50554)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140785)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6176)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Jogo, cervejarias e selvajarias -- 05/05/2009 - 15:03 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
JOGO, CERVEJARIAS E SELVAJARIAS

Pablo Emmanuel - Professor no DF

Após vitória do Flamengo neste domingo último, a vizinhança perdeu o controle, empreendendo uma bagunça infernal na rua. Um daqui gritou tanto que mais parecia um jumento sendo amarrado pelos bagos. Horrível.

Um dos flamenguistas passou defronte a minha casa, urrando: "Satisfação rubro-negra!", talvez no afã de ver alguém abrindo a janela para fazer coro com a sua embriaguez mefistofélica.

(Numa cidade-satélite de Brasília, um policial militar, à paisana, fora de serviço, tentou impedir os abusos de um flamenguista armado no meio da rua. Levou um balaço na cabeça).

Lembrei-me de um provérbio do Talmud que fala sobre o bêbado intemperante: "no primeiro copo, cordeiro; no último, porco".

Mulheres horríveis, à maneira de machos, soltando rojões, pareciam umas bruxas. Cada qual com uma latinha de cerveja na mão.

Tudo bem, nada contra o Fla. Quando criança, eu torcia para o time, que tinha grandes figuras do nosso futebol. Depois, eu deixei esse negócio de torcer para lá. Vi que torcida de futebol era escola de fascismo. Uma perda de tempo.

O mais engraçado é que essas pessoas negam a teoria da evolução e se acham frutos de uma criação divina, à imagem e semelhança de Deus, quando nada mais fazem do que imitar gorilas territoriais.

Repelem a ideia de que o "homem veio do macaco". Não veio, de fato, mas está retornando a ele, da maneira mais lamentável.

Parabéns. E que São Saulo (que foi romanizado para Paulo) retorne com Jesus, em breve, para escrever mais Epístolas ao Corinthians.


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui